Apresentação do livro «Trajetórias pelos Cuidados de Saúde Mental em Portugal»

A Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental (SPPSM) apoia o lançamento do livro "Trajetórias pelos Cuidados de Saúde Mental em Portugal", que terá lugar dia 8 de novembro, quarta-feira, no Campus da Foz da Universidade Católica Portuguesa (UCP).

A obra é da autoria de Filipa Palha, presidente da ENCONTRAR+SE - Associação para a Promoção da Saúde Mental e docente da Faculdade de Educação e Psicologia da UCP, e de Natália Costa, psicóloga clínica na ENCONTRAR+SE.



Segundo Filipa Palha, coordenadora dos estudos que integram esta edição, "é urgente promover-se um debate com a participação dos diferentes stakeholders, que aborde de forma séria e responsável uma realidade que tem sido ignorada, mascarada e muitas vezes manipulada".

Na sua opinião, “a experiência de quem vive diretamente (inclui utentes, familiares e profissionais de saúde) o impacto que as políticas têm no trajeto de recuperação de um problema de saúde mental é raramente considerado e contrasta em muito com a forma como tem vindo a ser apresentada pelos responsáveis políticos e/ou chamados grupos de peritos".



A sessão de lançamento do livro, com início para as 17h00, será moderada por António Marques, vice-presidente do Instituto Politécnico do Porto. Já a apresentação da obra "será feita através de diversos olhares". Desta forma, a visão ética será assegurada por Walter Osswald (Instituto Bioético da Universidade Católica Portuguesa) e o olhar médico por Marques-Teixeira (presidente da Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental).

Já a perspetiva dos familiares estará a cargo de Eulália Pereira (membro da Federação Europeia das Associações de Famílias de Pessoas com Doença Mental) e a visão das pessoas com doença mental será defendida por Joana Plácido (Grupo Vozes de Esperança).

Está ainda prevista a presença do vice-presidente da Comissão Parlamentar da Saúde, Moisés Ferreira, "para contribuir com a visão política e do Ministro da Saúde para encerrar o debate e proferir as considerações finais".

A entrada é gratuita.


Para mais informações:
Filipa Palha
fpalha@encontrarse.pt 

Imprimir