«É importante cativar os jovens internistas para a problemática da diabetes»

Foi com grande entusiasmo que Manuela Ricciulli encerrou a 12.ª Reunião do Núcleo de Estudos da Diabetes Mellitus da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (NEDM-SPMI). Rodeada de jovens, a presidente do evento, que decorreu nos dias 20 e 21 de outubro, nas Caldas da Rainha, defendeu que “é importante cativar os mais novos para conhecerem melhor a problemática da diabetes, mas também para integrarem o NEDM”.



Em declarações à Just News, Manuela Ricciulli destacou que “foi a Reunião que conseguiu ter a participação de mais jovens, nomeadamente na apresentação de trabalhos”.

E acrescentou: “É importante cativar os jovens internistas para que haja cada vez mais especialistas na área da diabetes e também para que aumente o número de membros do NEDM. É um problema grave de saúde e somos todos importantes.”


Estevão Pape, Margarida Bigotte, Luís Campos, Álvaro Coelho e Manuela Ricciulli

Luís Campos, presidente da SPMI, também se mostrou satisfeito com o evento e quis deixar três mensagens-chave. A primeira diz respeito ao papel dos núcleos da SPMI, como o da Diabetes. “São a expressão da força e da dinâmica da Medicina Interna e também da diversidade fenotípica dos internistas”, frisou.

Continuando, alertou para a necessidade dos núcleos apostarem na formação e na investigação e de o internista reforçar a ligação à Medicina Geral e Familiar. “Portugal está a tratar a doença crónica de forma fragmentária e episódica, através das urgências. É preciso integrar cuidados e estabelecer uma maior ligação ao médico de MGF.”

Luís Campos referiu mesmo que “a especialidade, dentro do hospital, mais bem preparada para reforçar a ligação à MGF é a Medicina Interna”.

Por último, alertou para o papel, que deve ser cada vez maior, do internista na prevenção da doença crónica, como é o caso da diabetes.


Comissão Organizadora: Ana Marques, Mariana Magalhães, Ana Valada Marques, Joana Louro, Manuela Ricciulli e Joana Carneiro (atrás); Priscila Melo, Ana Corte Real e Vânia Junqueira (à frente)


Prémio e Bolsa entregues

No fim da sessão de encerramento da 12.ª Reunião decorreu a entrega da Bolsa Helena Saldanha e do Prémio Jorge Caldeira, tarefa que esteve a cargo, respetivamente, de Margarida Bigotte e Estevão Pape.

Bolsa Helena Saldanha 


Margarida Bigote e João Pedro Gomes

“O Microbioma na diabetes mellitus tipo 2: a importância transversal desde a sua génese até às complicações microvasculares”
João Pedro Figueiredo Gomes - Serviço de Medicina A do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

Prémio Jorge Caldeira

Posters com apresentação (ex aequo)

Joana Paixão (em representação do Serviço Médico B do CHUC - HG), Estevão Pape, Alda Jordão (coautora) e Leonor sequeira (Dept. Médico da Merck)


“Autoimunidade em doentes com diabetes mellitus tipo 1: a realidade de um Serviço de Medicina Interna”

Jorge Lourenço, Daniela Marado, Adriano Rodrigues – Serviço de Medicina B do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra – Hospital Geral

“Variação da glicemia durante o exercício – o efeito do treino em jejum”
Miguel Ardérius, Mariana Alves, Catarina Ardérius, Alda Jordão – Serviço de Medicina III do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, FMUL, Faculdade de Desporto da UP





Artigo publicado na edição de novembro do Hospital Público, no âmbito de um Especial sobre a 12.ª Reunião Anual do NEDM.

Imprimir



Siga-nos no Instagram