1ª Conferencia de Enfermagem de Saúde Mental na Infância e Adolescência

Ao longo dos dias 1, 2 e 3 de outubro realiza-se em Lisboa, no Hospital D. Estefânia, a I Conferencia de Enfermagem de Saúde Mental na Infância e Adolescência. O evento é dinamizado pelos enfermeiros da Área de Pedopsiquiatria do Centro Hospitalar Lisboa Central.

Na apresentação da Conferência, é adiantado que o primeiro dia do evento é dedicado à realização de um workshop "onde se pretende desenvolver temáticas emergentes na clínica de enfermagem em saúde mental na infância e adolescência, quer em modalidades terapêuticas, sistematização de informação e desenvolvimento da linguagem classificada na clínica especializada".

No dia seguinte, um dos principais temas em discussão será a agressividade, "quer dirigida ao próprio ou projetada a terceiros, percebendo o seu impacto em contexto social, escolar, familiar e clínico". O programa do último dia do evento irá abordar "a clínica que na atualidade se desenvolve na área de pedopsiquiatria, em contexto de internamento, hospital de dia e equipa comunitária."

A realização deste Congresso surge no seguimento do reconhecimento, por parte da Sociedade Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental (ASPESM), de ser importante a criação de um núcleo que desenvolva a divulgação científica, a investigação, a formação, a promoção da saúde e a melhoria das respostas às necessidades em cuidados de enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria, com o foco na Infância e Adolescência (0 aos 18 anos).

Desta forma, a ASPESM criou em 2014 um “Núcleo de Enfermagem de Saúde Mental na Infância e Adolescência” (NESMIA). Trata-se de uma estrutura "personificada pela integração conjunta de novos sócios, Enfermeiros que desenvolvem a sua actividade clínica ou detêm interesse profissional em Enfermagem de Saúde Mental na Infância e Adolescência", salienta Carlos Sequeira, presidente da ASPESM.

Contactos:
dir.spesm@gmail.com
www.aspesm.org

Imprimir