«Anestesiologistas são chamados a atuar em cada vez mais cenários»

"Há muito tempo que a Anestesiologia deixou de ser uma especialidade apenas do bloco operatório”, afirma Lubélia Pegado, diretora do Serviço de Anestesiologia do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC). Hoje em dia, "os especialistas são chamados a atuar em cada vez mais cenários".

O tema “Anestesiologia fora do bloco operatório” foi precisamente um dos temas discutido nas V Jornadas de Anestesiologia ao Centro, um evento realizado no início deste mês, em Coimbra, e presidido por Lubélia Pegado.

Em declarações à Just News, a médica sublinha que, "atualmente, os anestesiologistas intervêm em áreas como a Cardiologia (em procedimentos de aritmologia e hemodinâmica), a Psiquiatria (na eletroconvulsivoterapia) ou Gastrenterologia (endoscopias, colonoscopias, CPRE)".



Contudo, adverte para o facto do trabalho dos anestesiologistas estar alargado a um número de áreas cada vez maior "terá contribuído para a carência de anestesiologistas no Serviço Nacional de Saúde. O CHUC não é exceção".

Atualmente, este centro hospitalar conta com cerca de 90 anestesiologistas, um número que diz ser "reduzido para as necessidades". A médica recorda que, além dos polos dos Hospitais da Universidade de Coimbra e do Hospital Geral, o CHUC inclui as maternidades Bissaya Barreto e Daniel de Matos e ainda o Hospital Pediátrico.

De acordo com a responsável, "idealmente, deveriam fazer parte do quadro pelo menos mais duas dezenas de médicos".

“Estamos a trabalhar no limite, sem possibilidade de substituir quem falta. E temos sempre novas solicitações", afirma Lubélia Pegado. E acrescenta: "Precisaríamos que fossem abertos concursos ou que fossem contratados anestesiologistas, tendo em conta as necessidades do CHUC”. 



Um evento, quatro centros hospitalares

As V Jornadas de Anestesiologia ao Centro, que contaram com cerca de duas centenas de participantes, tiveram como tema: "New Age Anesthesiology".

O evento realizou-se dias 3 e 4 de maio e tem a particularidade de ser organizado pelo CHUC e por mais três serviços de Anestesiologia da Região Centro - Centro Hospitalar Baixo Vouga, Centro Hospitalar Tondela-Viseu e Centro Hospitalar de Leiria.

Ao longo dos dois dias estiveram em debate temáticas bem distintas. Sob a moderação de profissionais dos quatro centros hospitalares, realizaram-se as mesas redondas: “Anestesiologia e catástrofe”, “Green anestesia”, “Outras novas realidades” e “Opioid free and quality improvement - mito ou realidade”, além da sessão dedicada à "Anestesia fora do Bloco Operatório".



seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir