My Servier

A prevenção dos acidentes vasculares cerebrais «é a grande luta»

"Os AVC são em grande medida preveníveis", assegura Vítor Oliveira, presidente da Sociedade Portuguesa de Neurologia (SPN), a propósito do Dia Nacional do Doente com AVC. O especialista refere que a prevenção "é a grande luta", dadas as consequências, não só económicas para a sociedade, e famílias em particular, como, naturalmente, o sofrimento do próprio doente e familiares.

"A observância de estilos de vida saudáveis, entre as quais a promoção da dieta mediterrânica, a moderação nas bebidas alcoólicas, o controle do peso e a prática de actividade física que podem prevenir as dislipidemias e diabetes são componentes importantes na prevenção do AVC", afirma o presidente da SPN, acrescentando que, "na prevenção do AVC, é importante também a identificação da fibrilhação auricular, cuja incidência aumenta com a idade e é a principal patologia cardio-embólica".



Vítor Oliveira participou na campanha nacional de informação sobre o AVC, que decorreu nos últimos dias nos hipermercados Jumbo, de norte a sul do país. Nesta ação, que teve igualmente o apoio da Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação (SPMFR) e do Grupo Auchan (Jumbo), foi distribuído um jornal gratuito a largas dezenas de milhares de portugueses, com informações práticas e relevantes sobre o acidente vascular cerebral. A iniciativa teve o patrocínio da Bayer e da Nutricia.

"O AVC é, em grande medida, prevenível. Esta é uma luta que deve mobilizar não só os profissionais de saúde como também a população", alerta Vítor Oliveira.

Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda