Abordagem multidisciplinar do cancro do pulmão

O Grupo de Estudos do Cancro do Pulmão acaba de divulgar o programa provisório do 6º Congresso Português do Cancro do Pulmão, evento que vai realizar-se nos dias 9, 10 e 11 de outubro, na Fundação Oriente, em Lisboa, com a participação de especialistas de todo o país e internacionais. A vertente multidisciplinar marca de novo este evento.

"Tabaco e Rastreio – Ainda e Sempre" é o tema da primeira mesa redonda do programa, que irá contar com intervenções sobre as novas evidências relacionadas com o rastreio, o tabaco na sociedade atual e o tabagismo enquanto doença crónica.

Além da realização de alguns simpósios e da apresentação e discussão de posters, o Congresso dedica especial atenção ao desenvolvimento dos temas através de mesas redondas: "Novas imagens de um velho tumor", "Toxicidade: Radioterapia, Quimioterapia e Terapêuticas Biológicas", "Cirurgia Torácica e Radioterapia na doença limitada (III-A) CPNPC", "As fronteiras da doença oligometastática", "Futuro no Cancro do Pulmão".

A última sessão do programa é dedicada aos cuidados paliativos. Intitulada "Cuidados Paliativos no hospital e no domicílio - o doente e a família", este debate inclui as perspetivas do paliativista e do psicólogo.

O programa preliminar pode ser consultado aqui.

GECP
Tendo surgido como "resultado da necessidade de juntar esforços na promoção do conhecimento em Oncologia Pulmonar", o Grupo de Estudos do Cancro do Pulmão (GECP) reúne oncologistas, cirurgiões torácicos, radioterapeutas, pneumologistas, imagiologistas, patologistas e outros, caracterizando-se pelo "empenhamento em multidisciplinaridade num trabalho assistencial de qualidade, formação, investigação, cooperação, inovação e internacionalização".

Contacto:  gecp@skyros-congressos.com

Imprimir