Ana Castro integra direção da European Organisation for Research and Treatment of Cancer (EORTC)

Com apenas 37 anos, Ana Castro, médica oncologista, integra a direção do grupo de pesquisa do Cancro de Cabeça e Pescoço, da European Organisation for Research and Treatment of Cancer (EORTC), como representante dos jovens oncologistas.

"O grupo de pesquisa do cancro de cabeça e pescoço da EORTC é um grupo multidisciplinar cujo objetivo é a elaboração de protocolos de investigação académica e de iniciativa do investigador, cuja finalidade é alterar o estado da arte no tratamento destes doentes", explica Ana Castro.

A oncologista do Centro Hospitalar do Porto e atual presidente do Grupo de Estudos do Cancro de Cabeça e Pescoço, acrescenta que "a nomeação para este cargo, para além de uma enorme honra, vai permitir ter um papel ativo nos avanços da minha área de atuação clínica, bem como na inclusão de Portugal como um país parceiro na investigação europeia".

Estar no centro das decisões permite, ajudar a melhorar a gestão dos doentes com cancro de cabeça e pescoço, aumentando a taxa de sobrevivência e qualidade de vida destes doentes”, assegura Ana Castro.

Imprimir