Apoio a crianças com cancro é uma das prioridades da UHDC para este ano

O cancro é a primeira causa de morte infantil, não acidental, após o primeiro ano de vida. Nos últimos 5 anos, foram contabilizados pela Direcção Geral de Saúde (DGS) cerca de 3000 casos de cancro pediátrico por ano, sendo os cancros mais frequentes a leucemia, os tumores do sistema nervoso central e os linfomas. Atenta a esta realidade a União Humanitária dos Doentes com Cancro (UHDC) define como prioridade para 2015 uma maior aposta na dinamização da sua valência de apoio a crianças com cancro e seus familiares.

A UHDC é uma Associação Humanitária, de Solidariedade Social e de Beneficência, sem fins lucrativos que conta com o Apoio Multidisciplinar a Crianças com Cancro. Esta valência consiste na prestação integrada de diversos apoios gratuitos e específicos a crianças com cancro, nomeadamente, acompanhamento pedagógico, psicológico, assistência social, terapia familiar e terapia de grupo.

Cláudia Costa, representante da UHDC explica que “esta valência é aberta não só a crianças (e jovens) com cancro, mas também a crianças familiares de doentes com cancro, nomeadamente, crianças em processo de luto. O cancro pediátrico arrasa assim cerca de 3000 famílias portuguesas anualmente."

Salienta ainda que "estas crianças passam por internamentos sucessivos, tratamentos, cirurgias, por processos traumáticos fisicamente e psicologicamente, tanto para elas como para as suas famílias, tornando-se essencial o apoio que desenvolvemos para ajudar estas crianças e familiares a superarem da melhor forma o cancro”.

Este ano, a UHDC pretende apostar ainda mais no apoio a crianças com cancro. Como explica Cláudia Costa “porque estamos cientes da importância do apoio a crianças com cancro, este ano pretendemos dinamizar ainda mais a nossa valência de Apoio Multidisciplinar a Crianças com Cancro através de parcerias e contactos com Escolas e os institutos de oncologia”.

Para mais informações: http://www.doentescomcancro.org/

Imprimir