Associação Portuguesa de Fertilidade comemora hoje o seu 10º aniversário

"Ao longo destes 10 anos de existência temos trabalhado muito no sentido de colocar o tema da infertilidade na agenda pública", refere Cláudia Vasconcelos Vieira, presidente da Associação Portuguesa de Fertilidade (APFertilidade). A Associação, sediada no Porto, nasceu com o objetivo de apoiar, informar e defender as pessoas com problemas de fertilidade.


Cláudia Vasconcelos Vieira acrescenta: "Este aniversário é especial. A recente aprovação do projeto de lei sobre a gestação de substituição por parte do Parlamento é um marco muito importante para nós. É sinónimo de que o nosso projeto faz sentido e dá-nos força para continuarmos a defender os direitos dos casais com problemas de infertilidade".

A propósito do seu 10.º aniversário, a APFertilidade recorda que, em Portugal, cerca de 300 mil casais são inférteis e "estima-se que cerca de 10 a 15% dos que fazem tratamentos de fertilidade possam precisar de doação de óvulos ou espermatozoides. A taxa de infertilidade masculina é similar à taxa de infertilidade feminina (cerca de 40% em ambos os casos). Em média, 10% dos casos são de infertilidade nos dois membros do casal."

Para assinalar os 10 anos, a APFertilidade promove, no dia 4 de junho, a partir das 15h, um evento no Pestana Palace, em Lisboa.

Imprimir