Bastonário da OM pretende suscitar um debate sobre o financiamento e contratualização na Saúde

Imprimir