Beatriz Lima foi eleita Presidente do Comité Científico da Innovative Medicines Initiative

Beatriz Lima, docente e investigadora da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, foi eleita Presidente do Comité Científico do Innovative Medicines Initiative (IMI). Trata-se da maior parceria público-privada da Europa que tem, como objetivo, apoiar o processo de desenvolvimento de medicamentos mais seguros para os doentes e fomentar as inovações farmacológicas na Europa, envolvendo parceiros industriais e académicos em projetos inovadores.

Em comunicado divulgado pela IMI, Beatriz Lima afirma que "o Comité Científico da IMI consiste nos mais qualificados cientistas da Europa e fazer parte do Comité é um dos pontos mais altos da minha carreira".

«Graças à IMI, assistimos a uma enorme reformulação do ambiente de investigação na Europa assim como na atitude dos investigadores. Este repensar de todo o processo de desenvolvimento de medicamentos é o exercício mais desafiante e excitante por que passei durante toda a minha carreira. Finalmente, existe um enorme potencial para expandir os princípios subjacentes à IMI para o resto do mundo», afirmou a cientista.

A especialista em farmacologia e farmacotoxicologia considera «que o Comité desempenhe um forte papel ao assegurar que os resultados dos projetos IMI sejam aplicados para que possam contribuir para o objetivo da IMI, que é um processo de desenvolvimento de medicamentos mais bem-sucedido, e que em última instância, melhore a saúde dos pacientes. A nível nacional, espero também que os membros do Comité Científico tenham a oportunidade de aumentar a consciencialização da IMI nos seus países».

A IMI conta com um investimento de mil milhões de euros da União Europeia para o programa de investigação que é acompanhado por uma contribuição de mais mil milhões de euros por parte das empresas parceiras e da Federação Europeia de Industrias e Associações Farmacológicas.

Imprimir



Siga-nos no Instagram