Brenda Moura assume funções na Cardiologia europeia

Brenda Moura, coordenadora do Grupo de Estudos de Insuficiência Cardíaca (GEIC) da Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC), acaba de ser nomeada membro do Comité das Sociedades Nacionais da Heart Failure Association.

“Julgo que esta nomeação surgiu na sequência do trabalho que tem sido desenvolvido pelo GEIC”, explica Brenda Moura. A Heart Failure Association atribui habitualmente um prémio que realça o trabalho desenvolvido por grupos de estudos na divulgação da IC. Portugal tem estado, na opinião da coordenadora, “em destaque, dado que o GEIC já recebeu duas vezes o galardão”.

Difundir o conhecimento entre todos os profissionais que tratam a IC é o propósito global do GEIC, com a grande finalidade de melhor tratar os doentes. De acordo com a sua coordenadora, o grupo português desenvolve também uma articulação importante com a Medicina Geral e Familiar e realiza diversas ações no âmbito do Dia Europeu da Insuficiência Cardíaca.

O principal objetivo de trabalho deste comité é, fundamentalmente, agilizar o relacionamento entre os vários grupos de estudo de diversos países. Assim sendo, “é uma enorme honra fazer parte do comité”, afirma Brenda Moura.


O próximo congresso organizado pela Heart Failure Association vai realizar-se em Sevilha.



Ao longo dos anos, a Heart Failure Association, no seio da Sociedade Europeia de Cardiologia (SEC), atualmente presidida por um português, Fausto Pinto, tem crescido muito e o seu prestígio aumentou substancialmente. A Cardiologia nacional  torna-se, assim, cada vez mais uma referência a nível europeu. Recorde-se que, nos últimos 4 anos, ao longo de dois mandatos, Dulce Brito, presidente da Comissão Organizadora do Congresso Português de Cardiologia em 2015, ocupou o mesmo cargo no Comitê, a convite da ESC, representando Portugal e a SPC. 

Imprimir



Siga-nos no Linkedin