Congresso debate a relação entre a hipertensão e patologias como a disfunção erétil

Dia 20 de fevereiro inicia-se o 8º Congresso Português de Hipertensão e Risco Cardiovascular Global. O evento, que ocorre no Tivoli Marinotel, em Vilamoura, vai dedicar algumas sessões ao debate de temas como a relação entre a hipertensão e várias patologias, tais como a disfunção erétil, a dislipidemia, a diabetes mellitus e a apneia do sono e ainda a hipertensão em grupo especiais como nas crianças e adolescentes, nas mulheres e nos idosos.

A hipertensão arterial, que afeta 42% dos portugueses, coexiste frequentemente com outros fatores de risco que potenciam o aparecimento de outras doenças em todo o sistema arterial, levando por vezes à morte, pelo que o seu diagnóstico e tratamento precoces são fundamentais para prevenir e/ou minorar estas consequências. A disfunção eréctil é muitas vezes um primeiro sinal de que já existe doença generalizada do sistema arterial pelo que o seu diagnóstico deve levar a uma investigação cuidadosa de lesões noutros locais do organismo e reforçar a importância de correto tratamento da HTA e dos restantes fatores de risco.

O Tratamento da HTA de Acordo com as Guidelines: Evidência ou Sapiência é o tema escolhido para conferência inaugural do congresso como explica o Dr. Fernando Pinto. “Numa altura em que somos confrontados com o aumento crescente de preocupações financeiras, não podemos deixar de ter em conta as evidências científicas, consubstanciadas nas Guidelines das Sociedades Científicas, pelo que as recentes atualizações destas merecerem amplo debate com vista à sua integração na nossa prática clínica diária”, explica o Presidente da Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH).

Durante os quatro dias deste congresso internacional decorrem várias sessões focadas na relação entre hipertensão e outras condições clínicas como problemas do sono, disfunção eréctil, diabetes, dislipidemia, periodontite e ainda conferências sobre a “Hipertensão Arterial na Mulher “e a “Microalbuminúria e Função Renal na Hipertensão Arterial”, etc.

Decorre ainda o III Curso de Pós Graduação em HTA, reconhecido e creditado pela EBAC, dirigido principalmente a jovens médicos em fase de formação (Internato de Especialidade) e o Curso Prático de Ecografia Cervical e Ecocardiografia no paciente Hipertenso, à imagem do que foi feito no último Congresso, onde todos os inscritos podem aprender a manusear e descobrir as potencialidades da técnica na avaliação do risco vascular.

Como habitual, são organizados Simpósios em conjunto com membros da Sociedade Europeia de Hipertensão e com as Sociedades de Hipertensão: Europeia, Húngara, Francesa e Brasileira.

O congresso tem início no dia 20 de Fevereiro com a sessão solene de abertura, às 13 horas, para a qual foram convidados o Ministro da Saúde e o Bastonário da Ordem dos Médicos entre outras individualidades, e estende-se até o dia 23 de Fevereiro, estando previstos mais de 1.000 inscrições dos quais mais de três centenas de estrangeiros.

O programa completo e outras informações podem ser consultadas aqui.

Imprimir