DGS apresenta Plano Saúde & Verão e resultados do Plano Inverno & Saúde

A Direção-Geral da Saúde (DGS) vai apresentar na próxima segunda-feira, 4 de abril, o Plano Saúde & Verão e monitorização do Plano Saúde & Inverno. A sessão, com início às 14h30, decorrerá no Ministério da Saúde e terá a presença do secretário de Estado e adjunto da Saúde, Fernando Araújo.

Plano Inverno & Saúde

No âmbito da Saúde Sazonal é ativado anualmente, entre 1 de novembro e 31 de março, o Plano Inverno & Saúde. Sublinha a DGS que o objetivo deste plano é "prevenir e minimizar os efeitos negativos do frio extremo e das infeções respiratórias, nomeadamente da gripe, na saúde da população em geral e dos grupos de risco em particular".

É também recordado que os serviços do Ministério da Saúde, nomeadamente a Direção-Geral da Saúde, o Instituto Ricardo Jorge e as Administrações Regionais de Saúde "baseiam o planeamento a execução e avaliação do plano num vasto conjunto de indicadores relacionados com incidência de doenças e dos seus determinantes, bem como no impacto destas nos serviços e no estado de saúde da população".

Um dos parâmetros acompanhado com regularidade é a taxa de incidência de síndrome gripal. De um modo geral, nesta época, "a atividade gripal foi baixa a moderada, com taxas de incidência que se mantiveram na zona de atividade basal ou ligeiramente acima".


O número de óbitos observados por todas as causas, no mesmo período, manteve-se "sempre abaixo dos valores esperados para a mesma época do ano ou na zona de atividade basal". O vírus dominante nesta época foi o A (H1N1) pdm09.

Plano Verão & Saúde

No decorrer desta sessão, será de igual modo apresentado o Plano Verão & Saúde, que será ativado em todo o país a partir do próximo dia 15 maio e 30 de setembro, e "eventualmente, noutros períodos em função das condições meteorológicas".

O Plano Nacional origina planos regionais e das instituições. Segndo a DGS, "as regiões para as quais se prevê um aumento significativo da população nos meses de verão tomarão medidas adequadas de forma a adaptar a oferta de cuidados de saúde ao potencial aumento de procura".

É ainda acrescentado que a DGS promoverá com os seus parceiros "campanhas destinadas a informar a população sobre os principais riscos associados a esta estação do ano, bem como à forma de os prevenir".

Imprimir