Doença venosa crónica: Porto recebe reunião anual do European Venous Forum

Portugal vai acolher, este ano, um dos mais importantes congressos a nível mundial na área da Flebologia e seguramente o maior a nível europeu. A doença venosa crónica será, obviamente, um dos temas em discussão na 18.ª Reunião Anual do European Venous Forum (EVF), que terá lugar entre os dias 29 de junho e 1 de julho, no Centro de Congresso da Alfândega do Porto.

"Estamos à espera de ter uma das melhores reuniões em termos de participação, se não a melhor", afirma Armando Mansilha, presidente do EVF desde a última edição da reunião, em Londres, cargo que ocupará até ao evento.

Em entrevista à Just News, o especialista, que é também vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular (SPACV), realça que foram enviados cerca de 140 trabalhos, um número superior ao das edições anteriores, tendo sido selecionados para apresentação cerca de 40. A elevada participação permite estimar que se tratará de "um congresso de grande dimensão".



Promover a boa prática clínica


A Reunião Anual do EVF tem como principal objetivo divulgar a ciência clínica nesta área, promover o estímulo à investigação e patrocinar as recomendações e as guidelines da boa prática clínica.

De acordo com Armando Mansilha, “as principais guidelines que neste momento servem de referência ao mundo vascular são do European Venous Forum. Foram publicadas em 2014 e estão neste momento em revisão. Ou seja, num curto espaço de tempo, estamos permanentemente a revê-las”.

Últimos estudos a nível mundial

Do programa deste importante evento constam sessões dedicadas à doença venosa crónica, que irão incidir sobre questões como a importância da classificação da doença, dos sintomas e dos tratamentos. A doença tromboembólica venosa, onde se incluem a trombose venosa superficial, a trombose venosa profunda e o tromboembolismo pulmonar, será outra das temáticas a abordar.

“Nos últimos anos houve uma explosão em termos quantitativos e uma mudança de paradigma no que respeita ao tratamento e à abordagem terapêutica da doença tromboembólica venosa, com a utilização dos novos anticoagulantes orais de ação direta”, refere Armando Mansilha.

Segundo o professor convidado da Faculdade de Medicina do Porto e diretor do Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular do Hospital Cuf Porto, serão apresentados no evento "alguns dos últimos estudos nesta área desenvolvidos a nível mundial".



Intervenção das principais sociedades científicas

O programa do congresso contempla ainda sessões conjuntas com todas as principais sociedades científicas vasculares e flebológicas a nível mundial, nomeadamente, a International Union of Phlebology, o American Venous Forum, a European Society for Vascular Surgery e o Latin American Venous Forum.

Merece também destaque o facto de, "pela primeira vez", a Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular (SPACV) ter a seu cargo a organização de uma sessão que irá incidir sobre o tema da anticoagulação oral.

Para mais informações: http://europeanvenousforum.org/ 




seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir


Médicos de família assinalam Dia Mundial da Asma 2019 na Sertã