Doenças alérgicas: Questionários permitem «estabelecer planos individuais de prevenção»

O impacto das doenças alérgicas na qualidade de vida dos doentes e dos seus familiares é o tema central da Reunião Anual da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC), que está a decorrer, até domingo, na Figueira da Foz.


A presidente da SPAIC e da reunião, Elisa Pedro, e Ana Todo-Bom, presidente de honra do evento.

Elisa Pedro, presidente da SPAIC, explica que o tema para esta 38.ª Reunião - "Alergia e Qualidade de Vida" - foi escolhido tendo como base dois aspetos fundamentais:

"Por um lado, o aumento global das doenças alérgicas nos úlitmos anos, estimando-se que afetem cerca de um terço da população em Portugal. Por outro, o conceito de qualidade de vida relacionada com a saúde que envolve múltiplos aspetos da vida do doente, desde físicos, psicológicos e sociais."



"Questionários validados"

A médica destaca a importância "da avaliação da qualidade de vida na prática clínica, através de questionários validados sempre que possível". O objetivo é que, dessa forma, se possam "estabelecer planos individuais de prevenção e controlo das doenças alérgicas, reduzindo os custos sociais e económicos" e dá dois exemplos:

No caso da asma, Elisa Pedro refere o Asthma Quality of Life Questionnaire (AQLQ), "um questionário específico que avalia a limitação das atividades, sintomas e emoções nesta doença". Acrescenta ainda que um estudo realizado em Portugal, "utilizando o mini-AQLQ, verificou que os doentes com asma controlada têm uma qualidade de vida sgnificativamente melhor quando comparados com os doentes com asma não controlada".

O outro questionário que a presidente da SPAIC destaca é o Chronic Urticaria Quality of Life Questionaire (CU-Q2oL), "um questionário específico para a urticária crónica espontânea", que está a ser validado para a população portuguesa e que "avalia o prurido, o impacto nas atividades diárias, perturbação do sono, limitações e aspeto físico".



Relativamente ao programa da Reunião que decorre na Figueira da Foz, Elisa Pedro faz questão de sublinhar o empenho dos Grupos de Interesse da SPAIC, já que foi com base nas suas sugestões que foram estruturadas as conferências, mesas-redondas, workshops teórico-práticos, simpósios e cursos pós-graduados.

A rinite e asma alérgica, a alergia alimentar, a alergia cutânea e a anafilaxia são algumas das temáticas que estão a ser debatidas.


Organização e Coordenação Científica (Direção da SPAIC):
João Fonseca, Ana Morête, Pedro Martins, Luís Delgado, Rodrigo Rodrigues Alves, Elisa Pedro (presidente), Manuel Branco Ferreira e Emília Faria

Podem ser consultadas mais fotos da Reunião na Galeria de imagens.

Imprimir