Envelhecimento e demências: DGS lança inquérito para melhorar ações de sensibilização

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou hoje que lançou um inquérito de opinião, dirigido à população, na área da Saúde Mental. O objetivo é que os resultados obtidos possam contribuir "para a melhoria das ações e campanhas de promoção, sensibilização e prevenção na área do envelhecimento e das demências".

A iniciativa surge através do Programa Nacional para a Saúde Mental, em articulação com a Unidade de Investigação e Formação sobre Adultos de Idosos (UNIFAI) do ICBAS-UP.

A DGS solicita a participação dos portugueses no inquérito, pois "a perspetiva de todos é importante para um melhor conhecimento deste momentoso problema de saúde pública".

Entre as 20 questões colocadas, que, de acordo com a DGS, demoram cerca de 5 a 7 minutos a responder, procura-se saber, por exemplo, qual a utilização que deve ser dada ao dinheiro do estado (público) na investigação para o tratamento da demência e nos cuidados prestados às pessoas com demência, qual a sua opinião sobre os tratamentos atuais para a demência ou quais são as principais dificuldades ao rastreio e ao diagnóstico da demência?

O questionário pode ser preenchido aqui.

Imprimir