Especialistas nacionais e internacionais em doenças vasculares reúnem-se em Lisboa

Na próxima sexta-feira e sábado, 19 e 20 de dezembro, o Serviço de Cirurgia Vascular do Hospital de Santa Maria (HSM) e o Instituto Cardiovascular de Lisboa (ICVL) organizam, em Lisboa, o 5th Lisbon Vascular Forum, um evento que vai reunir especialistas nacionais e internacionais na área da Cirurgia Vascular.

À Just News, José Fernandes e Fernandes, diretor do Serviço de Cirurgia Vascular do HSM e diretor do ICVL, adianta que o evento tem dois objetivos fundamentais: em primeiro lugar, “contribuir para a atualização dos profissionais e facilitar o contacto direto com alguns dos protagonistas do desenvolvimento da Cirurgia Vascular”. Em segundo lugar, “discutir a experiência e submetê-la à crítica dos pares”, pois, afirma, “ esse é o grande instrumento de progresso e de desenvolvimento”.

Para isso, foram convidados não só especialistas internacionais como portugueses de todos os serviços e unidades vasculares, de modo a que possam “enriquecer a reunião com a sua competência”.

“Serão apresentados trabalhos que estamos a desenvolver e terão lugar sessões dedicadas a casos clínicos controversos que resolvemos de determinada forma, com o objetivo de saber se todos concordam com essa solução. Depois, há algumas áreas nas quais temos experiência, investigação e opinião, que serão submetidas à discussão”, adianta José Fernandes e Fernandes.

Em debate vão estar os novos desenvolvimentos no tratamento da isquemia crítica dos membros inferiores, sobretudo o seu impacto na melhoria dos resultados terapêuticos e na doença carotídea. Além disso, serão debatidos alguns desenvolvimentos que podem contribuir para uma maior eficácia na prevenção do AVC.

Terá também lugar uma sessão dedicada à doença venosa dos membros inferiores, abordando desde a educação da população à discussão das possibilidades atuais da intervenção terapêutica e da prevenção das suas complicações. Segundo José Fernandes e Fernandes, “trata-se de uma doença frequente, com um impacto socioeconómico relevante”, na qual é necessária “uma atuação pautada pelo rigor científico”.

Outro dos temas em discussão será a patologia da aorta, cuja importância é “relevante”. “Vão ser apresentados casos paradigmáticos que foram tratados com sucesso e também o embrião do Centro de Doenças da Aorta, que está a ser preparado com colaboração multidisciplinar dentro do HSM e do Prof. Michael Jacobs, da Universidade de Maastricht”, refere, acrescentando que, no âmbito da cirurgia endovascular, será igualmente apresentado o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido no âmbito da colaboração entre o HSM e o Prof. Eric Verhoeven, de Nürnberg.

O Lisbon Vascular Forum é a nova designação dos Encontros Internacionais de Angiologia e Cirurgia Vascular, ao todo “18 anos de atividade e compromisso com a educação pós-graduada que tem sido possível concretizar com o apoio da Indústria Farmacêutica e dos Equipamentos Médicos”. São esperados cerca de 120-150 participantes.

O programa da reunião pode ser consultado aqui

Imprimir