Europacolon anuncia tomada de posição face ao novo pacote de cuidados para colonoscopias

A Europacolon -  Associação de Luta contra o Cancro do Intestino vai apresentar publicamente a sua tomada de posição face ao Despacho do Ministério de Saúde nº3756/2014, relativo ao pacote de cuidados ao abrigo da convenção para a endoscopia gastrenterológica, bem como do Relatório de Acesso às Colonoscopias no distrito de Lisboa.
 
No âmbito desta sua tomada de posição pública, que terá lugar no dia 17 de março, pelas 17h00, na Casa Tait, no Porto, a Europacolon adianta que contactou "17 Unidades de Saúde privadas com acordo para a prestação de cuidados de saúde com o SNS para avaliar a sua capacidade de resposta a um problema grave: falta de acesso às colonoscopias no distrito de Lisboa".


Na apresentação será dada a conhecer:

•    Posição pública face ao despacho e face à questão da sedação que padece de uma grave desadequação face ao profissionais que a administram; possíveis complicações e eficácia de actuação na dor;
 
•    Relatório de Acesso às Colonoscopias no distrito de Lisboa (a Europacolon contactou 17 Unidades de Saúde privadas com acordo para a prestação de cuidados de saúde com o SNS para avaliar a sua capacidade de resposta a um problema grave: falta de acesso às colonoscopias no distrito de Lisboa)
 
•    Manifesto de várias personalidades de relevância e comprovada experiência na área da saúde pelas boas práticas de diagnóstico e tratamento do cancro do intestino
 
 Estarão presentes nesta iniciativa da Europacolon os membros do Conselho Superior, da Direção e Assembleia Geral, nomeadamente:
- Daniel Serrão
- Manuel Sobrinho Simões
- Teresa Caeiro
- Manuel Pizarro
- Joaquim Abreu
-  Dr. Laranja Pontes
- Dr. Carlos Sottomayor
-  Dra. Sónia Rego
- Inspetor Tavares Rijo
- Dra. Paula Rodrigues
- Sr. Rui Vieira
- Dra. Celeste Ramos
- Eng. Vítor Neves

Imprimir