GEEM e Biogen Idec lançam bolsa de investigação em Esclerose Múltipla no valor de 40 mil euros

O Grupo de Estudos de Esclerose Múltipla (GEEM) da Sociedade Portuguesa de Neurologia e a Biogen Idec acabam de lançar uma Bolsa de Investigação em Esclerose Múltipla (BIEM) no valor de 40 mil euros. O objetivo desta iniciativa é apoiar e incentivar o desenvolvimento de projetos de investigação sobre a patologia em Portugal.

Poderão candidatar-se a esta bolsa projetos de investigação multicêntricos, nacionais (podendo haver colaboração internacional), com duração de dois anos, período durante o qual deverão ser apresentados relatórios sobre o estado da investigação. Todos os projetos candidatos a esta bolsa deverão ter como Investigador Principal um neurologista sócio do GEEM.             

Para José Vale, Presidente do GEEM, “esta é uma iniciativa pioneira na área da Esclerose Múltipla em Portugal que pretende incentivar os profissionais de saúde a desenvolver mais e melhor investigação clínica, ajudando-os a ultrapassar os constrangimentos financeiros que muitas vezes condicionam o desenvolvimento deste tipo de projetos.”

O júri será composto por um representante do GEEM, por um representante da Biogen Idec Portugal e por 3 especialistas independentes com mérito reconhecido na comunidade científica.

Sérgio Teixeira, diretor-geral da Biogen Idec Portugal defende que “a Bolsa de Investigação em Esclerose Múltipla vem confirmar e sublinhar não só o nosso compromisso com a investigação e a inovação nesta área, mas também a aposta que a companhia tem vindo a fazer em Portugal”.

Imprimir