Grupo de Doenças do Miocárdio e do Pericárdio realizou reunião anual

A cidade de Óbidos voltou a acolher a Reunião Anual do Grupo de Estudo de Doenças do Miocárdio e do Pericárdio (GEDMP) da Sociedade Portuguesa de Cardiologia. À semelhança de 2014, o evento deste ano realizou-se também em março, reunindo cerca de 200 participantes.

Luís Rocha Lopes, coordenador do Grupo de Estudo desde 2013, afirmou à Just News que o objetivo geral desta reunião passou por prestar formação, divulgar novidades científicas, promover a discussão e potenciar futuras colaborações entre cardiologistas, médicos de outras especialidades e, também investigadores não médicos, que tenham interesse nas doenças do miocárdio e do pericárdio.



No âmbito deste evento, foram também realizadas, segundo Luís Rocha Lopes, reuniões nacionais dos investigadores dos três registos nacionais em miocardiopatias que se encontram atualmente em curso -- miocardiopatia hipertrófica, miocardites e miocardiopatia de takotsubo. Além destes, foram apresentados os dois novos registos que terão início este ano, miocardiopatia arritmogénica do ventrículo direito e não compactação do ventrículo esquerdo.

“Destaco ainda a apresentação, por internos de vários hospitais do país, de 21 casos clínicos muito didáticos, sob a forma de comunicação oral, e de outros 17, sob a forma de poster, que motivaram uma discussão muito interessada entre os presentes”, indicou, terminando que os dois melhores casos foram premiados com a presença no Congresso Europeu de Cardiologia.

Imprimir