IPO Lisboa esclarece doentes e familiares sobre o papel da Reabilitação no cancro da mama

“Cancro da Mama – Reabilitação” foi a temática da última sessão informativa “Viver com cancro: perguntas e respostas”, que teve lugar no Anfiteatro do Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPO de Lisboa).



A iniciativa, que decorre sempre na última quarta-feira de cada mês, “tem como objetivo reunir doentes, familiares e amigos, sempre em torno de uma temática relacionada com esta doença”, referiu Lúcia Monteiro, diretora do Serviço de Psiquiatria do IPO de Lisboa. A especialista realçou a importância destas reuniões, “onde se pode esclarecer dúvidas, partilhar ideias e ajudar os utentes e os seus familiares a viver com todas as dificuldades associadas ao cancro”.



No caso desta última sessão, esteve em foco o papel da Reabilitação. De acordo com o IPO Lisboa, o Serviço de MFR tem, como principal objectivo, "apoiar os doentes oncológicos, em regime de internamento e ambulatório, de modo a assegurar a melhor reabilitação física, familiar, social e laboral, visando atingir o seu potencial de reabilitação máxima, com consequente melhoria da sua qualidade de vida".



Além da participação de Maria Teresa Amaral, diretora do Serviço de Medicina Física e de Reabilitação do IPO de Lisboa, a sessão contou com a participação de Vargas Moniz, do Serviço de Cirurgia Geral do IPO de Lisboa, José Rosa, do Serviço de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva, e ainda de Lúcia Monteiro, que deu a sua visão como psiquiatra.



Todas as sessões, com temáticas diferentes, são organizadas pelo Núcleo Oncológico Psicossocial do Instituto. A próxima terá como tema “Cancro do cólon e reto: prevenção, tratamento e reabilitação” e irá decorrer dia 25 de novembro, entre as 18h e as 19h30, no Anfiteatro do IPO de Lisboa.

Imprimir