KRKA

Já foi criada a Associação dos Médicos dos Idosos Institucionalizados

"Pugnar por legislação que assegure a obrigatoriedade de assistência médica é um dos nossos grandes objetivos”, explica João Gorjão Clara, presidente da Associação dos Médicos dos Idosos Institucionalizados (AMIDI), criada no passado dia 22 de abril.  

Em declarações à Just News, João Gorjão Clara refere que o objetivo da equipa é apelar à importância de "todos os idosos poderem ter acesso a cuidados médicos nos lares e outras unidades, onde se encontrem institucionalizados". Recordando que a grande maioria dos idosos tem multipatologias, a criação da AMIDI "era uma necessidade emergente, já que os mais velhos não podem ficar sem apoio médico.”
 
Um dos primeiros passos da Associação vai ser precisamente a sensibilização do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social para a alteração da legislação atual, de modo que seja obrigatório haver sempre essa assistência. E esclarece porquê:

“A maioria destes idosos têm multipatologia, são polimedicados, têm problemas funcionais, cognitivos, psicológicos e nutricionais complexos. Não basta ter um médico que prescreva medicamentos.”


Elementos da Direção da AMIDI: João Gorjão Clara com Pedro Madeira Marques e Joana Vaz (vice-presidentes)

Continuando: “É totalmente intolerável que os mais de 125 mil idosos institucionalizados não tenham acesso aos cuidados de saúde a que têm direito, nomeadamente por parte de quem tem competência em Geriatria”.

Com legislação adequada, "os médicos permanentes nas ERPI iriam também evitar os piores desfechos, por poderem dar um acompanhamento mais personalizado e adequado a algumas situações graves", evitando-se, inclusive, idas às urgências e hospitalizações.

A AMIDI vai também apostar na formação em Geriatria, direcionada às problemáticas particulares das ERPI, quer no ensino pré-graduado como pós-graduado, além de querer otimizar a articulação com outras entidades da área da saúde e redigir normas para uma “assistência de excelência” aos idosos institucionalizados. 

 

CORPOS SOCIAIS:

 

Direção
Presidente: João Gorjão Clara
Vice-presidentes: Pedro Madeira Marques e Joana Filipa Alves Vaz

Assembleia Geral
Presidente: André Rodrigues
Secretários: Énio Pestana e Diogo Tavares da Silva

Conselho Fiscal
Presidente: João Guedes Pinto
Tesoureiro: Hugo Cordeiro

 

Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda