Jaba Recordati eleita Empresa de Excelência para Trabalhar em Portugal

A Jaba Recordati, subsidiária portuguesa da farmacêutica Recordati Internacional, foi eleita Empresa de Excelência para Trabalhar em Portugal, tendo alcançado o primeiro lugar no sector “Saúde e Farmacêuticas”.

O Prémio “Excelência no Trabalho” organizado pela Heidrick & Struggles, o Diário Económico e o ISCTE/ INDEG é o maior estudo de satisfação de colaboradores realizado em Portugal. O Prémio “Excelência no Trabalho” pretende apurar e premiar as empresas que apresentam as melhores práticas de recursos humanos e um melhor clima organizacional e que se destacam como entidades de excelência no desenvolvimento do seu capital humano.

“Este prémio traduz o reconhecimento do trabalho desenvolvido na Jaba Recordati e acima de tudo reflecte a forma como os nossos colaboradores percepcionam a empresa, o grupo ao qual pertence e o projecto de excelência que desenvolve”, explica Nelson Pires, director-geral da Jaba Recordati.

Em 2013, a Jaba Recordati já tinha sido eleita Campeã Nacional na categoria Melhor Empregador do Ano pelo European Business Awards. No mesmo ano, o seu director-geral, Nelson Pires, alcançou ainda o título de Melhor Gestor de Equipa, integrando assim pelo segundo ano consecutivo o ranking Melhores Gestores de Pessoas.

“Na Jaba Recordati valorizamos os nossos activos humanos, pois consideramos que são o nosso maior valor acrescentado”, revela Nelson Pires. “Este prémio é importante porque é uma oportunidade única para se avaliar o clima interno, identificando as áreas de maior satisfação e aquelas em que deveremos priorizar os esforços de melhoria”, acrescenta.


"A Jaba Recordati é uma companhia apaixonante"



Foi este o título que ilustrou a entrevista, em "tom de conversa amigável", de Nelson Pires à 1ª edição do Jornal Médico, editado há quase um ano. Durante a visita guiada às instalações de uma das maiores companhias farmacêuticas a laborar em portugal, o general manager da Jaba Recordati, "sempre com um sorriso e um brilho nos olhos", contou como, com apenas 37 anos, se tornou no diretor-geral mais jovem de sempre. Um facto de que se orgulha porque, para ele, "é apaixonante liderar e trabalhar na empresa". No decorrer da visita do Jornal Médico às instalações da Jaba Recordati, Nelson Pires fez uma paragem, olhou para um quadro com as fotografias dos colaboradores e disse: "Os factores chave são as pessoas, os produtos e a filosofia empresarial".

A entrevista pode ser recordada e lida na íntegra aqui.



Sobre a Jaba Recordati
A Jaba Recordati atua em três áreas de negócio, produtos inovadores sujeitos a prescrição médica, genéricos e produtos de venda livre. A subsidiária portuguesa foi responsável em 2012 por um volume de negócios de 33,9 milhões de euros, correspondente a 4,2% da faturação global do grupo Recordati. O peso da atividade em Portugal mantém-se acima do mercado do Reino Unido. A Jaba Recordati tem operações nos PALOP, nomeadamente Angola, Cabo Verde e Moçambique. Mais informações em
www.jaba.pt e www.recordati.com

Imprimir