Merck distinguida com Prémio Europeu de Inovação e Liderança na área da hormona de crescimento

A Merck foi reconhecida na categoria Competitive Strategy Innovation and Leadership na edição de 2015 dos European Frost & Sullivan Awards. A empresa recebeu esta distinção pelo seu dispositivo eletrónico inovador para administração da hormona de crescimento, que simplifica o tratamento diário e contribui para a adesão dos doentes à terapêutica. 

O prémio Competitive Strategy Innovation and Leadership é entregue, todos os anos, à empresa que consiga alavancar, com êxito, uma estratégia que resulte num crescimento da quota de mercado, posicionamento competitivo da marca ou na satisfação de clientes. A decisão deste ano teve como base a recente análise que a Frost & Sullivan fez ao mercado da hormona de crescimento.

Simon Sturge, chief operating officer da divisão biofarmacêutica da Merck explica o significado do prémio: “Na Merck queremos ajudar os doentes a ter uma vida melhor. Os nossos produtos inovadores, como o Easypod e o Rebismart, o dispositivo eletrónico para administração da terapêutica da Esclerose Múltipla, são exemplos do nosso espírito inovador, que nos incentiva a desenvolver soluções que facilitem a utilização dos nossos fármacos e, desta forma, melhorar os cuidados médicos em benefício dos nossos doentes e clientes.”

Em comunicado, a empresa, que renovou recentemente a sua imagem e introduziu um novo logótipo, que visa refletir a evolução da farmacêutica para uma "empresa global de ciência e tecnologia", sublinha ainda que o Easypod é "o primeiro aparelho eletrónico de injeção da hormona de crescimento, para a administração diária da terapia recombinante para o tratamento da ausência desta hormona". Uma vez que os utilizadores são principalmente "crianças desde os 7 anos até à idade adulta, a adesão à terapêutica é uma questão crítica".

Quanto à Frost & Sullivan, considera que o Easypod se distingue, "ainda e principalmente, pelo sistema de gravação de dados de cada injeção, contribuindo para um acompanhamento mais eficaz do tratamento, quer para os médicos como para os pacientes e cuidadores".

É também feita referência ao facto do aparelho confirmar a administração da dose e apresentar o número de injeções que restam na embalagem, "o que permite ao médico monitorizar a reação do doente ao tratamento" e, por sua vez, "abre uma oportunidade única de diálogo entre médicos e doentes sobre o cumprimento e adesão à terapêutica, contribuindo para uma melhor prestação de cuidados".

Premiar a excelência

Os Frost & Sullivan Best Practices Awrads distinguem as empresas com desempenho superior e resultados excelentes em áreas como liderança, inovação tecnológica, serviço ao cliente e desenvolvimento estratégico de produtos. Os analistas medem o desempenho das empresas, em vários mercados globais, através de entrevistas, análises e ampla pesquisa secundária para identificar as melhores práticas na indústria.

Imprimir