My Servier

MiniSom realizou o seu primeiro fórum otológico

A MiniSom realizou, a 26 de novembro, em Angra do Heroísmo, o seu 1.º fórum otológico. Durante a sessão de abertura, José Jesus, diretor-geral da empresa, contou como iniciaram, há dois anos, o reposicionamento e a nova postura da empresa e falou do futuro.

Para tal, segundo recordou, começaram por ouvir os seus clientes e as suas famílias (“Não fazia ideia do impacto que a perda auditiva tem na vida das pessoas!”), os otorrinolaringologistas e audiologistas e, ainda, os colaboradores da MiniSom.



Rapidamente perceberam que tinham de alterar a sua estratégia. Primando por um “trabalho tecnicamente competente”, a MiniSom não coloca, segundo José Jesus, a vertente comercial à frente da técnica e escreve uma nova história, orientada para a satisfação dos doentes.

“Na MiniSom, trabalhámos durante os últimos 2 anos para o que vos vimos falar hoje aqui. Temos um processo em que todos os exames na MiniSom são efetuados por audiologistas e, sempre que é necessário um aparelho auditivo, os doentes consultam também um audioprotesista profissional com largos anos de experiência em aparelhos auditivos e na sua programação”, referiu José Jesus. E reforçou:

“Congratulamo-nos também por informar que a MiniSom é a primeira empresa do ramo a ter todos os seus centros registados enquanto prestadores de cuidados de saúde na Entidade Reguladora da Saúde.”



“Para o futuro, pretendemos continuar o bom trabalho que estamos a fazer e queremos contar com o vosso contributo e sentido crítico para nos ajudar a melhorar. Estamos também disponíveis para tudo aquilo que vos pareça relevante e que possamos fazer”, afirmou, dirigindo-se à plateia de otorrinolaringologistas presentes na sala.

O fórum esteve dividido em três sessões, Otologia, Vestibulogia e Avaliação/Reabilitação Auditiva.

Temas abordados durante o 1.º Fórum Otológico da MiniSom:

Sessão de Otologia:



- Anatomia e imagiologia otoneurológica – João Subtil, otorrinolaringologista consultor, Hospital Cuf Descobertas e Hospital Beatriz Ângelo
- Neuropatia auditiva - José Tavares, ENT Consultant, Head & Neck Surgeon, Hinchingbrooke Health Care NHS Trust, UK
- Processamento auditivo central – Pedro Santos Marques, otorrinolaringologista, CH São João, Departamento de Órgão dos Sentidos FMUP, Serviço de ORL do Hospital Lusíadas Porto
- A linguagem na criança – Herédio Sousa, otorrinolaringologista, Hospital D. Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central (comunicação apresentada por Luísa Monteiro)
Moderação - Luísa Monteiro, coordenadora de ORL do Hospital Lusíadas Lisboa

Sessão de Vestibulogia:



- Exame clínico de cabeceira – Vaz Garcia
- Avaliação laboratorial – Leonel Luís, diretor do Serviço de ORL do Hospital de Santa Maria/CHLN
- Abordagem cirúrgica da vertigem e lesões do ângulo ponto cerebelar – Guilherme Machado de Carvalho, médico otologista, otorrinolaringologista do Hospital Lusíadas Porto
Moderação – Vaz Garcia, responsável clínico da Equi – Clínica da Vertigem e Desequilíbrio, Lda.

Sessão Avaliação/Reabilitação Auditiva:



- Timpanoplastia, reconstrução ossicular e otoesclerose – Ezequiel Barros, presidente da SPORL
- Implantes osteointegrados – Miguel Bebiano Coutinho, assistente hospitalar graduado do Centro Materno Infantil do Norte, Centro Hospitalar do Porto, e Hospital Lusíadas Porto
- Implantes auditivos do ouvido médio – João Pinto Ferreira, otorrinolaringologista, Hospital Lusíadas Porto
- Implante coclear bilateral – Carlos Ribeiro, otorrinolaringologista
- Estimulação e reabilitação auditiva bimodal – Guilherme Machado de Carvalho, médico otologista, otorrinolaringologista do Hospital Lusíadas Porto
Moderação – António Sousa Vieira, coordenador do Departamento de ORL do Hospital Lusíadas Porto


Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda