Mostrar o valor da Enfermagem de Reabilitação e «facilitar a replicação de projetos»

“A Enfermagem de Reabilitação tem claramente caminho para andar. É na prática do dia-a-dia, com os doentes e em equipa, que mostramos o nosso valor.” As palavras são de Pedro Henriques, presidente do Núcleo de Enfermeiros de Reabilitação (NER) do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), que organizou a I Mostra de Cuidados de Enfermagem de Reabilitação.



"No CHUC temos um conteúdo funcional muito bem definido"

Sob o mote “Diversificar para Unir …”, a iniciativa, que decorreu este mês, permitiu reunir vários enfermeiros especialistas em Enfermagem de Reabilitação (EEER) deste centro hospitalar e de outras unidades de saúde para partilhar experiências.



Em declarações à Just News, Pedro Henriques faz questão de salientar a mais-valia do trabalho destes profissionais nas várias áreas, sublinhando: "No CHUC não há problemas entre diferentes grupos profissionais ligados à reabilitação, sendo que a Enfermagem de Reabilitação tem tido um papel relevante na recuperação dos doentes."

Na sua opinião, “não faz qualquer sentido que existam questões entre colegas. No CHUC temos um conteúdo funcional muito bem definido, estruturado e articulado e trabalhamos todos em equipa multidisciplinar.”


Pedro Henriques

Partilhar experiências "que podem levar à replicação de projetos"

Quanto à Mostra, este foi o primeiro evento aberto à comunidade, organizado pelo Núcleo, conforme explica: “Criado, oficialmente, em 2012, pensámos que era a altura certa para organizar um encontro para os profissionais que não são do CHUC. É uma forma de partilhar experiências, dificuldades e até boas práticas que possam facilitar a replicação de projetos noutras unidades.”

Como referiu ainda, “quem mais beneficia com esta troca de conhecimentos é o doente”.



"Uma referência a nível nacional”

Quem também marcou presença no evento foi o enfermeiro Belmiro Rocha, presidente da Mesa do Colégio da Especialidade de Enfermagem de Reabilitação da Ordem dos Enfermeiros. Questionado sobre as questões que existem em torno de diferentes grupos ligados à reabilitação, foi perentório:

“A nossa preocupação é o utente. Os EEER, em conjunto com outros profissionais, primam para que haja articulação e se construam pontes para que, no final, se consiga obter os melhores resultados e ganhos em saúde.”



Fazendo um balanço da especialidade a nível nacional, realça que é preciso ultrapassar os atuais cerca de 4300 EEER. “Gostaríamos de atingir rapidamente os 5 mil, porque estão em curso um conjunto de projetos, nomeadamente, nos cuidados de saúde primários, que necessitam do reforço de mais profissionais.”


Belmiro Rocha, Pedro Henriques e Rui Pedro Silva, em representação da Associação Portuguesa dos Enfermeiros de Reabilitação (APER)

Acerca da Mostra, enaltece o trabalho do Núcleo de Enfermeiros de Reabilitação do CHUC: “É uma referência a nível nacional pelo seu trabalho e dedicação e um exemplo de como é possível obter melhores ganhos em saúde quando se conta com o apoio de EEER."


A boa disposição dos participantes foi outro dos elementos que marcou a 1.ª Mostra dos Cuidados de Enfermagem de Reabilitação do CHUC

seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir