Portugal reconhecido como membro da Federação Internacional das Sociedades de Oncologia de Cabeça e Pescoço

O Grupo de Estudos do Cancro da Cabeça e Pescoço (GECCP) é membro da Federação Internacional das Sociedades de Oncologia de Cabeça e Pescoço (IFHNOS) a partir do dia 27 de julho de 2014, aquele que se pretende que seja o Dia Mundial do Cancro de Cabeça e Pescoço

O GECCP, que já faz parte da EHNS (Sociedade Europeias de Cancro de Cabeça e Pescoço), esteve presente no maior encontro mundial da oncologia de Cabeça e Pescoço, em Nova Iorque. O evento este ano contou com a presença de mais de 3.000 participantes de 60 países diferentes, representando 46 Sociedades de Oncologia de Cabeça e Pescoço a nível Internacional.

“Desde que foi criado, há 4 anos, o GECCP conseguiu ser reconhecido a nível nacional e internacional, tendo já realizado várias campanhas de sensibilização em parceria com a Sociedade Europeia de Cabeça e Pescoço. Este reconhecimento como membro da IFHNOS traz enormes benefícios para a preparação médica e, acima de tudo, para os nossos doentes”, explica Jorge Rosa Santos, presidente do Grupo de Estudos de Cancro de Cabeça e Pescoço.

“A vantagem de fazermos parte da IFHNOS passa por termos acesso a programas de treino e formação para os nossos médicos, com os melhores especialistas do mundo. Isto vai ser possível através de um programa que terá uma parte teórica via Internet e que terminará com um estágio presencial num dos centros de referência mundial. É um orgulho poder comemorar um século de progresso no Cancro de Cabeça e Pescoço desta forma”, acrescenta Jorge Rosa Santos.

A comitiva portuguesa que participou no mais importante evento internacional que reúne sociedades científicas de Cabeça e Pescoço foi constituída por Jorge Rosa Santos, presidente do GECCP, Ana Castro, membro da Direcção do GECCP, e Miguel Vilares, membro do GECCP.

Imprimir