Portugueses distinguidos na 3ª edição do TRANSCAN - Rede Europeia de Pesquisa em Oncologia

O Grupo de Estudos de Cancro de Cabeça e Pescoço (GECCP) foi o primeiro grupo de estudos oncológicos português a ser financiado pela TRANSCAN – Rede Europeia de Pesquisa Oncológica.

“O GECCP viu o seu projecto ‘DietINT’ ser considerado um dos melhores projetos de investigação para 2015. Pretendemos demonstrar o benefício de uma dieta específica, como factor que pode conduzir a um maior tempo livre de doença, em doentes com cancro de cabeça e pescoço”, explica Ana Castro, médica oncologista do Centro Hospitalar do Porto, investigadora e coordenadora nacional do projeto.

Salienta a explica que a taxa de sobrevivência em doentes com Cancro de Cabeça e Pescoço avançado "continua a ser insatisfatória, apesar da introdução de novas estratégias terapêuticas. Há uma forte necessidade de abordagens preventivas eficazes, com o objetivo de reduzir a incidência de recorrências. Vários estudos epidemiológicos revelam que a dieta desempenha um papel importante, podendo representar um fator de risco para o desenvolvimento desta doença”.

“O valor total do projeto é de € 1.120.329,62 e iremos iniciar a implementação do estudo já no próximo ano. O trabalho terá uma duração de 2 anos e tem como parceiros de investigação países como Itália, Polónia, Alemanha, Eslovénia e Áustria. É assim, com muito orgulho, que recebemos esta noticia”, finaliza Ana Castro.



Sobre a TRANSCAN:
TRANSCAN é uma Rede Europeia Área de Pesquisa financiada pela Comissão Europeia no âmbito do Sétimo Programa-Quadro (FP7). Trata-se de uma rede colaborativa entre Ministérios, Agências de Financiamento e Conselhos de Pesquisa, com programas de investigação translacional sobre o cancro. A rede é composta por 25 parceiros de 19 países europeus e associados.
O objectivo passa por contribuir para a construção do Espaço Europeu de Investigação, através da coordenação das actividades das organizações nacionais e regionais, de fomento à pesquisa translacional no cancro, visando a integração da investigação básica, clinica e epidemiológica do cancro e facilitação de financiamento transnacional na Europa, com o objectivo último de agilizar o rastreio do cancro a nível da UE, o diagnóstico precoce, prognóstico, tratamento e cuidados.

Sobre o GECCP:
O GECCP foi criado em 20 de Julho de 2010, com o objectivo de promover, apoiar, colaborar e/ou realizar iniciativas de carácter formativo e educacional, técnico, científico, investigacional, deontológico e ético no âmbito dos tumores de Cabeça e Pescoço. Um dos objectivos do GECCP passa por promover comportamentos saudáveis e a prevenção de doenças como o Cancro de Cabeça e Pescoço que está, entre outros factores, ligada ao consumo de álcool e tabagismo.

Imprimir