Prémio Arrisca C foi atribuído ao projeto COOLdent

O Prémio Arrisca C 2013, patrocinado pela a2b e pela Bluepharma, para a melhor ideia de negócio na área da saúde foi atribuído ao projeto COOLdent, que consiste na deteção precoce, simples, de baixo custo e rápida das cáries dentárias através do uso de um produto inovador.

A equipa de promotores do COOLdent, que venceu entre 30 outras ideias de negócio a concurso, é composta por Ângela Guimarães, Andreia Silva, Ricardo Machado e Vanessa Simões, todos enfermeiros, recém-diplomados pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra. O prémio consiste no capital inicial de 5 mil euros para a constituição da empresa e no aconselhamento e acompanhamento do plano de negócios.

De acordo com os promotores, o projeto COOLdent nasceu de uma necessidade identificada nos estágios que realizaram enquanto estudantes de Enfermagem em Centros de Saúde. Durante esse período, verificaram que a grande maioria da população sofria de cáries dentárias mas apenas se deslocava ao dentista numa fase já avançada da doença. Depois de introduzido no mercado, o COOLdent permitirá a qualquer pessoa detetar de forma simples, rápida e a baixo custo as cáries dentárias e evitar assim o seu desenvolvimento e impacto.

A cerimónia de entrega do Prémio Arrisca C 2013 pela Bluepharma e a2b para a melhor ideia de negócio na área da saúde ocorreu no Museu da Ciência (Laboratório Chimico), em Coimbra, com presença do Secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade, Pedro Gonçalves.

A Bluepharma co-patrocina os prémios do Concurso de Ideias, Planos de Negócio e Provas de Conceito Arrisca C 2013, seguindo a sua missão de investimento em I&D e que determinou o envolvimento por duas vias neste projeto: através do apoio da própria Bluepharma, bem como através da a2b, empresa detida por três administradores da Bluepharma, dedicada a apoiar projetos de base tecnológica em fases seed e start-up.

O prémio Arrisca C visa estimular o desenvolvimento de conceitos de negócio em torno dos quais se perspetive a criação de novas empresas, através de um concurso onde podem ser apresentadas ideias ou planos de negócio que desejem candidatar-se a fundos e a formação.

Os candidatos podem concorrer de forma individual ou coletiva, em equipas até cinco promotores, em que pelo menos um dos promotores seja estudante ou recém-diplomado há menos cinco anos de qualquer Instituição de Ensino Superior do país.

Imprimir