Programa de intervenção e promoção da saúde mental juvenil: apresentação dos primeiros resultados

Dois anos após o seu lançamento, dia 28 de janeiro vão ser apresentados, em Lisboa, os primeiros resultados do “Young Health Programme (YHP) – Like ME”. Este programa de intervenção e promoção da saúde mental juvenil visa "aumentar a auto-estima  dos jovens entre os 10 e os 12 anos e a sua capacitação no domínio da saúde mental".

Caraterizar em matéria de saúde, de bullying, de auto-estima e de autoconceito as populações juvenis inseridas nos diversos projetos de intervenção comunitária que integram o “YHP - Like ME” foram os objetivos do estudo realizado pelo Centro de Investigação Interdisciplinar em Saúde (CIIS) do Instituto de Ciências da Saúde (ICS) - Universidade Católica Portuguesa (UCP), em articulação com a Médicos do Mundo (MdM).

O “YHP” é o maior programa de responsabilidade social corporativa da AstraZeneca, a nível global, desenvolvido em parceria com a Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health e a Plan International, que decorre atualmente em 20 países em diferentes áreas da saúde. Em Portugal, com apoio local da Médicos do Mundo, o programa assume a denominação de “YHP-Like ME” e com foco na saúde mental.

Lançado oficialmente em fevereiro de 2013, é direcionado a jovens entre os 10 e os 12 anos de idade, integrados em 10 projetos Escolhas, com reduzido acesso a cuidados de saúde e em situação de vulnerabilidade, alterações no desenvolvimento ou problemas comportamentais relacionados com autoconceito, auto-estima e auto-imagem.

A importância deste projeto foi reconhecida internacionalmente no ano passado pela UNICEF/NCD Child, tendo sido selecionado para participar no processo de consulta do novo capítulo sobre prevenção das Doenças Não Transmissíveis (DNT) do Manual “Factos para a Vida”. À semelhança das questões de saúde mental, com esta parceria o programa também vai passar a debruçar-se sobre o tema das DNT.

A sessão de apresentação dos resultados terá lugar na Universidade Católica Portuguesa, pelas 16h, e conta com a participação de Alexandre Castro Caldas, diretor do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa, de Sérgio Deodato, coordenador da Unidade de Ensino de Enfermagem de Lisboa do ICS-UCP, de Carla Paiva, diretora-geral da MdM e de David Setboun, AstraZeneca Portugal Country President.

Os resultados do estudo serão apresentados por Elisabete Nunes e Manuel Luís Capelas, investigadores do CIIS e cocentes de Enfermagem da UCP. Na ocasião, também estarão presentes alguns dos jovens participantes dos diversos projetos que integram o “Like ME” e respetivos coordenadores.

Imprimir