Apoio à investigação: Prémios Gilead Génese 2016 com «componente social bastante marcada»

Ao intervir na cerimónia de entrega dos prémios do Programa Gilead Génese, o secretário de Estado da Saúde afirmou que se está a “tentar mudar o eixo da saúde de uma prestação de cuidados hospitalares para uma de matriz mais comunitária”. Manuel Delgado assegurou mesmo que se procura considerar “a perspetiva dos doentes”.



Aproveitando o momento em que se procurava distinguir projetos científicos e de iniciativa comunitária, o governante fez questão de alertar os investigadores para a necessidade de se apostar mais nas áreas do envelhecimento e da doença crónica.



“Nos próximos anos, a população portuguesa vai envelhecer rapidamente e de forma brutal e dramática e isso pressupõe mudanças de modelos em termos de resposta a estes cidadãos”, afirmou, acrescentando que o modelo português está muito virado para o episódio. “Temos de mudar este paradigma e olhar mais para a comunidade, para o domicílio e para a multipatologia, bem como para os cuidados integrados”, disse.

No que respeita ao Programa Gilead Génese, Manuel Delgado afirmou-se “particularmente satisfeito e um pouco surpreendido” pelo facto dos prémios terem sido entregues a dois tipos de projetos: os de natureza científica e os de natureza organizacional e estruturante, segundo referiu, “com uma componente social bastante marcada”.



“Felicito a Gilead por essa sageza e pela capacidade de perceber que a área da Saúde tem aspetos de investigação fortemente marcados pela ciência, mas que tem também a componente social”, indicou, observando que o Estado aposta, também, nestas duas áreas. Não deixou de agradecer à sociedade civil todo o apoio prestado, sem o qual “não teria sido possível”, em muitos momentos, viabilizar alguns projetos.

 

Programa já investiu mais de um milhão de euros 

O Programa Gilead Génese, criado em 2013, é uma iniciativa de apoio à investigação científica e projetos da comunidade cujo montante global de financiamento até agora atribuído ascende a mais de um milhão de euros.

A esta 4.ª edição do Programa Gilead Génese candidataram-se cerca de 30 projetos nacionais, submetidos por diferentes entidades científicas, académicas e da sociedade civil.

"Ambiente muito especial”

Vítor Papão, diretor-geral da Gilead Portugal, lembrou que esta edição pretende “celebrar a ciência, a investigação e a importância dos projetos comunitários em Portugal decorreu, este ano, “num ambiente muito especial”, uma vez que, a empresa assinala, em 2017, três décadas de vida.


Vítor Papão.

“São 30 anos dedicados à investigação e à inovação em áreas terapêuticas com necessidades médicas não satisfeitas. É uma missão exigente, só possível de empreender graças à constante geração de conhecimento, à partilha de experiências e à constante geração de conhecimento e à promoção da investigação”, mencionou Vítor Papão.


A avaliação das candidaturas submetidas ao Programa foi assegurada por duas comissões externas de avaliação que selecionaram 12 projetos, 6 de natureza científica e outros tantos de iniciativa comunitária, pelo seu potencial contributo para a otimização da prática clínica, bem como a melhoria da qualidade de vida dos doentes e dos resultados em saúde.



Investigação


No campo da investigação, os projetos agora distinguidos incidem em especial sobre novas abordagens ao VIH, colocando, por exemplo, a possibilidade de desenvolver nova medicação que atue por via tópica e a hipótese de encontrar uma cura ao conseguir bloquear a multiplicação viral que o VIH-1 induz ao transformar as células Tfh em ‘fábricas’ produtoras de vírus.


Comunidade

Quanto aos projetos da comunidade, refira-se a preocupação em atuar para corrigir mitos e falsas crenças que contribuem para os índices de doenças sexualmente transmissíveis, e em promover o sexo seguro através de iniciativas de sensibilização e educação para estilos de vida e comportamentos que apoiem a redução destas doenças, nomeadamente do VIH/SIDA, assim como para realizar rastreios que permitam aumentar o conhecimento da comunidade sobre o seu estatuto serológico relativamente ao VHC (vírus da hepatite C).
  

Projetos científicos:

 



INEB - Instituto Nacional de Engenharia Biomédica, Universidade do Porto

Nano-ThERM - Nanopartículas em enema termossensível para o desenvolvimento de microbicidas retais anti-VIH

 

FARM-ID Associação da Faculdade de Farmácia para a Investigação e Desenvolvimento

VIH_TRANFERSOME - Inibidor de fusão veiculado em transfersomas para libertação transdérmica

 

CEDOC da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade NOVA de Lisboa


Replicação do VIH-1 nos santuários foliculares

 

Faculdade de Medicina Veterinária - CIISA - Universidade de Lisboa


Desenvolvimento de anticorpos biespecíficos anti-gp120/gp41 para o tratamento da infeção do VIH-1

 

Associação para o Ensino e Investigação em Microbiologia - Host-Pathogen Interaction Unit; iMed.ULisboa

Papel dos ectossomas na disseminação da infeção do VIH no SNC e seu contributo na patogénese da demência associada ao VIH

 

Instituto de Higiene e Medicina Tropical


Importância dos diagnósticos tardios na propagação da epidemia de VIH em Portugal: uma abordagem multidisciplinar

 

Projetos de iniciativa comunitária:

 


Associação para o Planeamento da Família


100 RIScOS - Ações de informação/apoio na comunidade, realização de testes de VIH e diagnóstico, aconselhamento pré e pós-teste, fornecimento de preservativos e encaminhamento e referenciação

 

Universidade do Porto


Hygeia - Prevenção de infeções sexualmente transmissíveis na população juvenil

 

Aventura Social Associação


Estudo Vida sem SIDA em Portugal - O projeto “VIDA sem SIDA” pretende conhecer conhecimentos, atitudes, crenças, competências e comportamentos dos jovens face ao VIH/SIDA

 

Fundação Portuguesa A Comunidade Contra a SIDA

In.Porto.Me 2 - Rastreio e Promoção de Qualidade de Vida de Seniores VIH+ da região de Coimbra

 

Agência Piaget para o Desenvolvimento


ADERE+ - Promoção da Adesão à Terapêutica para o VHC em contexto de proximidade, junto de utilizadores de drogas

 

Positivo - Grupos de Apoio e Autoajuda

C-Vihd@ - Programa de Prevenção e Aconselhamento de VIH, Hepatites Virais e IST


Podem ser consultadas mais fotos da cerimónia aqui.




Imprimir