Programa Nacional para a Saúde Mental assinala Dia Mundial da Saúde Mental em Coimbra

A cidade de Coimbra vai acolher, este ano, as atividades promovidas pelo Programa Nacional para a Saúde Mental, da Direção-Geral da Saúde, para assinalar o Dia Mundial da Saúde Mental. Entre os dias 10 e 18 de outubro será possível assistir gratuitamente a peças de teatro e espetáculos de dança, onde pessoas com doença mental são os protagonistas.

A apresentação deste programa de arte e dança realiza-se no dia 6 de outubro, no Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra. Ao longo de uma semana, o evento vai reunir cerca de 30 instituições e mais de 400 doentes.

O Teatro da Cerca de São Bernardo, Teatro Loucomotiva, Teatro Académico Gil Vicente e Auditório do Instituto Português da Juventude serão os palcos, de forma rotativa, destas peças.

Álvaro Carvalho, diretor do Programa Nacional Para a Saúde Mental, salienta a importância destas iniciativas, que "são determinantes porque permitem mostrar aos cidadãos comuns e aos profissionais de saúde que o trabalho de reabilitação psicossocial de pessoas com doença mental grave através das artes tem resultados práticos e expressão artística real”.

A apresentação do programa, na próxima segunda-feira, 6 de outubro, contará com a presença dos responsáveis por cada uma das áreas, todos de Coimbra: João Maria André, curador para a parte cénica, Carlos Antunes, comissário para as artes plásticas e Leonor Barata, comissária para a dança.

Estarão também presentes diferentes encenadores das peças e protagonistas das mesmas, ou seja, doentes, que têm no teatro e na dança uma forma de comunicação importante. A sessão de apresentação vai contar ainda com representantes de cada um dos teatros e de Álvaro Carvalho.

Imprimir