Região Autónoma da Madeira avança com a implementação do projeto de intervenção precoce do cancro oral

A Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) vai integrar um grupo de trabalho para a implementação do Projeto de Intervenção Precoce do Cancro Oral (PIPCO) na Região Autónoma da Madeira.

Em comunicado, a OMD explica que o "Governo Regional da Madeira já aprovou a criação deste grupo de trabalho que irá estudar e definir a execução no terreno do PIPCO, tendo em conta o sistema misto (público-privado) da medicina dentária na região".

No estudo, que o Grupo de trabalho irá realizar, será definida a metodologia da deteção precoce, os procedimentos de referenciação, a preparação dos recursos, a resposta laboratorial e da área de especialização oncológica.

Gil Fernandes Alves, o representante da OMD na Região Autónoma Madeira, considera que “a criação deste grupo de trabalho é um passo decisivo e essencial para a implementação deste programa na Madeira. O cancro oral é um dos mais mortíferos devido à sua deteção tardia. Acreditamos que a implementação do PIPCO vai permitir reduzir custos e salvar vidas porque quando diagnosticado precocemente o cancro oral pode ser tratado”.

Imprimir