Reunião ibérica de formação em Gastrenterologia é já «um clássico anual»

Valência será o palco da IV Jornada Ibérica e IX Espanhola Aquarius de Formação em Gastrenterologia, que terá lugar esta sexta-feira. Organizada pelo Serviço do Aparelho Digestivo da Universidade Complutense de Madrid, em parceria com a Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG), o evento conta com o patrocínio da Aquarius e da Coca-Cola Iberia.

A Jornada dirige-se essencialmente a internos de Gastrenterologia, Medicina Interna e Medicina Geral e Familiar. Segundo José Cotter, presidente da SPG, diretor do Serviço de Gastrenterologia do Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães, e codiretor do evento, cerca de duzentos participantes assistirão à apresentação de temas da área da Gastrenterologia, bem como de outros assuntos relacionados com os benefícios da hidratação e aspetos nutricionais.



A dispepsia será um dos assuntos em discussão e será abordado por José Cotter. Segundo o gastrenterologista, este problema, que tem uma elevada prevalência na população e que “requer cuidados terapêuticos seletivos e correções de hábitos inadequados implantados nas sociedades modernas”, nomeadamente alimentares, tem hoje uma abordagem “substancialmente” diferente do que acontecia há alguns anos.

O vírus da hepatite C e a sua forma de o abordar em doentes insuficientes renais, a importância do papel dos ácidos biliares nos transtornos funcionais digestivos, assim como o tratamento da pancreatite aguda, nomeadamente nas primeiras 48 horas, são outras das temáticas salientadas pelo presidente da SPG, que serão apresentadas nas Jornadas.

Outros temas a debater serão “Hidratação, atividade física e saúde” e “As vitaminas e minerais na nutrição ótima”.

De acordo com José Cotter, desde que esta reunião assumiu um cariz ibérico, têm estado sempre presentes médicos internos de Gastrenterologia portugueses interessados nestas áreas científicas.



A última edição do evento, em 2015, realizou-se em Guimarães, tendo sido a primeira vez que a reunião ibérica se realizou em Portugal. José Cotter sublinhou na altura que o evento é já um "clássico anual no âmbito da patologia gastrenterológica". Tem a particularidade de "não só abordar assuntos correntes e eminentemente práticos, mas também questões que raramente são discutidas em jornadas científicas de Gastrenterologia, nomeadamente relacionadas com a hidratação, a alimentação e a atividade física, extraordinariamente importantes, mas que não são tão valorizadas quanto deveriam ser". 






Imprimir