Robótica na Saúde: debate sobre as novidades que «já estão a acontecer nos hospitais»

É com um debate sobre "as aplicações da robótica que já estão a acontecer nos hospitais" que tem início a 3.ª Lisboa Robotics Talk. Neste evento, dedicado à robótica na saúde, serão abordadas "as vantagens e desvantagens que oferecem face aos métodos convencionais.

A reunião realiza-se dia 11 de dezembro, no âmbito do projecto Lisboa Robotics Cluster, promovido pela Câmara Municipal de Lisboa, e decorrerá no Auditório do Centro de Conhecimento do Hospital CUF Descobertas.

Nesta mesa redonda, e para refletir sobre as "oportunidades e desafios" da implementação da robótica na saúde, participam profissionais de distintas entidades: Carlos Leichsenring, da Unidade de Cirurgia Robótica do Hospital CUF, Maria do Carmo Borralho, coordenadora da Unidade de Robotics e Advanced Technology da SPMS, Nuno Figueiredo, diretor do Centro Cirúrgico da Fundação Champalimaud, e Helena Martins, enfermeira chefe do Hospital de Braga



No segundo painel, intitulado "Hospital 5.0: a medicina do futuro", estarão em debate questões relacionadas com as "principais linhas de investigação, tendências e áreas de futuro".

O evento é dirigido a profissionais de saúde e robótica, mas também a "investigadores, empresas e startups, instituições de saúde públicas e privadas, centros de I&D e todos os interessados nos desafios originados pela robótica no contexto particular da saúde".
 
Além de várias demonstrações, a iniciativa contempla também a apresentação sobre resultados e objetivos do Cluster da Robótica de Lisboa.

A Sessão de Abertura conta com as intervenções de Pedro Bastos, administrador do Hospital CUF Descobertas, e de Margarida Figueiredo, diretora municipal de Economia e Inovação da Câmara Municipal de Lisboa.

A inscrição (gratuita) pode ser efetuada aqui.

seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir