SiNATS: Infarmed apresenta novo Sistema de Avaliação de Tecnologias da Saúde

A partir de agora os medicamentos disponíveis no mercado vão estar sob avaliação, podendo mesmo vir a perder a comparticipação ou a ver os seus preços alterados, caso os resultados não sejam os esperados.

Esta é uma das características do Sistema Nacional de Avaliação de Tecnologias de Saúde (SiNATS), apresentado, esta segunda-feira, pelo Infarmed, numa sessão que contou com a participação de Paulo Macedo, ministro da Saúde, Eurico Castro Alves, presidente do Conselho Diretivo da referida autoridade, entre outros.

Este sistema de avaliação permite, não apenas, avaliar os medicamentos, mas também, os dispositivos médicos, como por exemplo pacemakers. Numa segunda fase irá também avaliar equipamentos pesados como máquinas de TAC, de ressonância magnética ou de radioterapia.

“Existem no mercado cerca de 600 mil dispositivos clínicos que, até hoje, não são avaliados em termos de custo-benefício. Com este novo sistema poderemos estar a falar de ganhos muito significativos, se nos lembrarmos que Portugal gasta em medicamentos mais de dois mil milhões de euros e umas largas centenas de milhões em dispositivos clínicos”, refere Paulo Macedo.

De acordo com Eurico Castro Alves, estas revisões vão ser feitas ao “ritmo que for necessário”, sendo que vão merecer reavaliações mais frequentes aqueles que representam um maior investimento do Estado.

“Temos mais de 16 mil medicamentos. Muitos representam encargos grandes para o nosso Serviço Nacional de Saúde, têm maior consumo e é nesses que as nossas atenções vão estar mais centradas”, indica.

Em suma, e segundo o referido, a implementação deste novo modelo visa contribuir para maximizar os ganhos em saúde e a qualidade de vida dos cidadão, para a utilização eficiente dos recursos públicos em saúde, a monitorização da utilização das tecnologias e os respetivos resultados, a redução de desperdícios e ineficiências e, ainda, promover e premiar o desenvolvimento de inovação relevante.



A Just News acompanhou a apresentação do SiNATS e disponibiliza para consulta um conjunto de fotografias, acessíveis aqui.

Imprimir



Siga-nos no Instagram