Coração e Vasos 8 - setembro/dezembro 2020

"Tem sido um trabalho de equipa que tem permitido ao maior hospital do país continuar a prestar assistência aos doentes que dela necessitam, mesmo num período de enorme pressão no sistema de saúde", afirma Fausto Pinto, diretor do Departamento de Coração e Vasos do CHULN.

“Desenvolvemos uma abordagem integrada dos doentes e sempre que há necessidade de fazer adaptações podemos fazê-las justamente dentro do Departamento”, salienta o responsável.

Imprimir