Jornal do 62º Congresso da SPORL (7 de maio)

Eurico de Almeida, presidente de honra do 62.º Congresso da Sociedade Portuguesa de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial e um dos profissionais mais conceituados da especialidade, recorda o passado e o presente de uma área médica que apenas se autonomizou nos anos 80, mas que goza hoje de grande prestígio nacional e internacional. O médico, que conduz no Porto uma clínica de referência, exclusivamente dedicada à Otorrinolaringologia, recomenda aos novos profissionais trabalho árduo e espírito de sacrifício. “Em Medicina, não é possível atingir notoriedade sem prática”, refere.


Imprimir