Jornal do XXI Congresso Nacional de Medicina Interna (3ª edição - 31 de maio)

Dezoito palestrantes estrangeiros passaram estes dias pelo Congresso de Vilamoura. Joseph Li defendeu ser preciso colocar o doente no centro da atuação e chamou a atenção para o desperdício de recursos quando a articulação na Saúde falha.

Na mesma linha, Nick Goowin sugeriu que se aposte numa Medicina mais humanizada, mais centrada nas necessidades do doente, algo que pode, na sua ótica, ajudar a reduzir os custos com a Saúde.

Donald Berwick estima que Portugal tenha uma percentagem de desperdício na ordem dos 20%, desperdício que tem múltiplos fatores, entre os quais a desarticulação dos serviços de Saúde, que gera sobreposição, e também o uso de medicação em excesso.



SUMÁRIO:

4 - ENTREVISTA
“Visão holística do internista é fundamental para enfrentar o novo perfil de doente hospitalar”
Rui Victorino
Presidente do Conselho Científico da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e também diretor do Serviço de Medicina II do Hospital de Santa Maria.

6 - Como pode a MI contribuir para reduzir o recurso às urgências?
António Martins Baptista
Internista do Hospital Beatriz Ângelo. Coordenador do Núcleo de Estudos de Formação em Medicina Interna

6 - Onde estamos na Reforma das Urgências em Portugal
Luís Campos
Diretor do Serviço de Medicina do HSFX/CHLO. Professor auxiliar convidado da Faculdade de Ciências Médicas/UNL. Presidente do Conselho Nacional para a Qualidade em Saúde

6 - Novas perspetivas sobre a infeção por VIH
Telo Faria
Coordenador do Núcleo de Estudos da Doença VIH da SPMI

7 - What’s the future for health in Portugal?
Nigel Crisp
Independent member of the House of Lords and co-chairs the All Party Parliamentary Group on Global Health

8 - REPORTAGEM
No serviço de Medicina trabalha-se com base numa equipa multidisciplinar
Na Medicina Interna procura trabalhar-se em equipa multidisciplinar, tendo em conta que o doente deve ser visto como um todo e não apenas como um indivíduo com determinada patologia. O médico, o enfermeiro, o farmacêutico e o assistente social são alguns dos profissionais que trabalham juntos para que o utente possa ter qualidade de vida, mesmo em caso de doença crónica.

9 - O papel do médico
João Araújo Correia
Diretor do Serviço de Medicina do Hospital de Santo António, CHP. Vice-presidente da SPMI

10 - Terapêutica da insuficiência cardíaca crónica
Joana Mascarenhas
Assistente hospitalar de Medicina Interna, Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho

10 - Novos e velhos biomarcadores na insuficiência cardíaca
Paulo Bettencourt
Diretor do Serviço de Medicina Interna, Centro Hospitalar São João. Professor catedrático convidado da FMUP

11 - Insuficiência cardíaca e reinternamento: a importância dos cuidados de transição
Cândida Fonseca
Coordenadora da Unid. Insuficiência Cardíaca / S. Medicina III. Hospital de Dia de Especialidades Médicas e Consulta de IC do H. de S. Francisco Xavier / CHLO. Professora auxiliar convidada da NOVA Medical School, FCMUNL

11 - Tratamento da IC aguda: conceitos atuais e um vislumbre sobre o futuro
Pedro Morais Sarmento
Hospital da Luz

12 - Recomendações fundamentais para um Internato com sucesso
Carlos Vasconcelos
Hospital St.º António, Centro Hospitalar do Porto

13 - Como melhorar a comunicação médico-doente
José Mendes Nunes
Assistente convidado do Departamento de MGF, NOVA Medical School. Assistente graduado sénior, USF de Carcavelos, ACES de Cascais

13 - Quando implantar um pacemaker?
José Miguel Santos
Cardiologista, Hospital São Francisco Xavier, CHLO

14 - Núcleo de Estudos de Doenças Raras
Luís Brito Avô
Internista e coordenador do NEDR da SPMI

14 - Centros de Referência – um novo modelo de prestação de cuidados de saúde
Jorge Penedo
Board of Member States on European Reference Networks

15 - Organização de cuidados de saúde em doenças raras
Abílio Reis
Consultor de Medicina Interna. Responsável pela Unidade de Doença Vascular Pulmonar do H. de Santo António, CH do Porto. Professor associado convidado do ICBAS

15 - A urgência e o doente agudo
Maria da Luz Brazão
Coordenadora do Núcleo de Estudos de Urgência e do Doente Agudo da SPMI

15 - NEDAI – A Medicina Interna como o pilar do tratamento das doenças sistémicas
António Marinho
Coordenador Nacional do Núcleo de Estudos de Doenças Autoimunes da SPMI

Imprimir