Jornal Médico 20 - dezembro 2014

A USF Carnide Quer, tema de reportagem desta edição do Jornal Médico, abrange uma população muito diversificada em termos socioeconómicos, o que eleva o grau de exigência na prestação de cuidados de proximidade e de qualidade. Nada que assuste os profissionais que já enfrentaram vários desafios, sendo o mais recente a partilha de espaço com uma unidade que trabalha de forma completamente diferente.


Duas dezenas de membros do GRESP, Núcleo de Doenças Respiratórias, um grupo de trabalho da Associação Portuguesa de Medicina Geral e familiar (APMGF), colaboram no Dossier Respirar. Criado em 2005 e após um "ressurgimento" e um "reativar de iniciativas" em julho de 2010, o GRESP assume atualmente "cada vez mais protagonismo na área das doenças respiratórias em Cuidados de Saúde Primários (CSP)". A opinião é de Jaime Correia de Sousa, coordenador do GRESP.
O responsável afirma que o "conjunto de textos constantes deste Dossier Respirar demonstra o vigor e espírito de iniciativa deste núcleo da APMGF e deixa antever um futuro com cada vez maior protagonismo no estudo, formação e investigação sobre doenças respiratórias em CSP".

Em entrevista ao Jornal Médico, José Aranda da Silva, farmacêutico, membro do Conselho de Administração da Fundação Saúde e ex-bastonário da Ordem dos Farmacêuticos, fala da “preocupante” situação vivida pelas áreas da saúde e farmacêutica. Considera que em ambas foram tomadas medidas menos corretas, mas afirmase um otimista.

Numa altura em que a Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade (SPEO) assinala o 25.º aniversário, o seu presidente, Davide Carvalho, alerta para a elevada prevalência da obesidade em Portugal, uma situação cuja gravidade se reflete nas doenças associadas a este problema, como a diabetes e a hipertensão arterial.

Segundo Hélder Pereira, presidente da Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC) e coordenador do Stent for Life em Portugal, o nosso país encontra-se “ao nível do melhor que se faz na Europa” no que se refere ao tratamento dos doentes coronários. Ao nível da opinião pública, a APIC também tem vindo a desenvolver programas, como o Stent for Life, que têm contribuído para a divulgação das várias alternativas terapêuticas disponíveis.

“Os médicos de Medicina Geral e Familiar têm um papel fundamental no aconselhamento de uma boa prática desportiva. A sua formação em Medicina do Desporto é uma mais-valia numa altura em que muitas pessoas praticam atividades físicas em recintos ou na rua sem qualquer orientação”, explica Maria João Cascais, presidente do XII Congresso da Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva.

SUMÁRIO:

2 - NHS – Os próximos cinco anos
Luís Pisco
Vice-presidente do Conselho Diretivo da ARSLVT

3 - Paulo Macedo reconhece esforço dos laboratórios

4 - GRANDE ENTREVISTA
“Os CSP são a parte mais importante do sistema de saúde”
José Aranda da Silva
Farmacêutico, membro do Conselho de Administração da Fundação Saúde e ex-bastonário da Ordem dos Farmacêuticos

6 - Portal do Utente: a saúde pela cidadania
Rui Cernadas
Vice-presidente do CD da ARS Norte

6 - Internos e jovens MF têm de ser apaixonados pela profissão

7 - A prevenção de acidentes
Direção-Geral da Saúde

7 - Jornal alertou para a diabetes no Dia Mundial

8 - 1.as Jornadas dos Secretários Clínicos
Profissão evolui e soma competências e funções a diversos níveis

9 - As manifestações clínicas da mielofibrose (Informação)
António Almeida
Assistente de Hematologia, IPO Lisboa

9 - A alimentação em processos de reabilitação (Espaço Nutrição)
Joana Pardal
Dietista dos Hipermercados Jumbo

10 - ENTREVISTA
Metade da população portuguesa tem peso a mais
Davide Carvalho
Presidente da Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade (SPEO)

11 - Fernando Almeida é o novo presidente do INSA

12 - ENTREVISTA
“Do ponto de vista do tratamento dos doentes coronários, Portugal encontra-se ao nível do melhor que se faz na Europa”
Hélder Pereira
Presidente da Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC) e coordenador do Stent for Life em Portugal

14 - ENTREVISTA
“Médicos de família podem prevenir lesões com a ajuda da Medicina Desportiva”
Maria João Cascais
Presidente do XII Congresso da Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva

15 - Vantagens no uso da saliva para doseamentos hormonais (Informação)
Luís Marinho
Médico patologista clínico, Laboratório Médico de Análises Clínicas Dr. Luís Marinho - Grupo Redelab

16 - “O cérebro” é tema central do Congresso Internacional de Enfermagem de Reabilitação
Isabel Ribeiro

Presidente da Direção da APER

16 - Enfermeiro de reabilitação está “preparado para intervir adequadamente nos processos de reparação da pessoa”

Belmiro Rocha
Presidente da Mesa do Colégio da Especialidade de Enfermagem de Reabilitação da Ordem dos Enfermeiros (MCEER)

17 - Programa Doutoral em MGF/CSP
José Augusto Simões
Presidente da ADSO

18 - Euromedic Portugal presta cuidados de excelência no diagnóstico (Informação)

20 - REPORTAGEM USF Carnide Quer
Ir ao encontro de uma população muito diversificada em termos socioeconómicos

24 - Jornal sobre osteoporose no Jumbo

24 - Sessão comemorativa do Dia Mundial da Osteoporose


25 - GRESP assume cada vez mais protagonismo na área das doenças respiratórias em CSP
Jaime Correia de Sousa
Coordenador do GRESP


26 - Quais os tratamentos não farmacológicos da DPOC e em que situações estão indicados?
Conceição Alves 
Médica interna de MGF do 4.º ano, USF S. Julião – ACeS Lisboa Ocidental e Oeiras

Tiago Lopes
Médico interno de MGF do 4.º ano, USF Santo António da Charneca – ACeS Arco Ribeirinho

26 - Apneia do sono: só 10% dos doentes estão diagnosticados

27 - Novos tratamentos da DPOC

28 - Investigação em doenças respiratórias
Guilherme Mendes
ACES Estuário do Tejo
Luís Alves
Médico de família na USF Horizonte, Matosinhos
Assistente convidado na Escola de Ciências da Saúde da Univ. Minho
Jaime Correia de Sousa
Professor Associado da Escola de Ciências da Saúde da Univ. Minho. Médico de família na USF Horizonte, Matosinhos.

Coordenador do GRESP. Presidente-Eleito do International Primary Care Respiratory Group

28 - Formação em doenças respiratórias
Ana Margarida Cruz
Médica de Família, USF Bom Porto
Guilherme Mendes
ACES Estuário do Tejo

29 - Acail Gás Medicare: uma nova solução nos CRD (Informação)

30 - Espirometria é “indispensável”

30 - Portugal não tem uma rede de espirometria eficaz

30 - Dispositivos inalatórios velhos e novos
Tiago Maricoto
Interno de MGF na UCSP Aveiro I
Eurico Silva
Médico de família na USF João Semana, Ovar

30 - Pacientes com ACOS têm fatores de risco combinados de asma e DPOC

32 - Diagnóstico de DPOC permite redução do risco de complicações

33 - Praxair contribui para melhores cuidados respiratórios domiciliários (Informação)

34 - ¼ da população portuguesa sofre de rinite alérgica

36 - Asma difícil de gerir nem sempre é sinónimo de gravidade

38 - Tabaco é a primeira causa de doença e morte prematura nos países desenvolvidos

Imprimir