LIVE Cardiovascular 5 - abril 2015

“A Cardiologia foi a opção correta, porque me identifico diariamente com o que faço”, afirma Dulce Brito, cardiologista, professora, investigadora e presidente do XXXVI Congresso Português de Cardiologia.

Detesta ver-se retratada. Não gosta de dar entrevistas, porém, recebeu a Just News no seu consultório, em Lisboa, onde, num espaço agradável e ao som de música clássica, nos deu a conhecer um pouco de si. Dias depois, Dulce Brito disponibilizou-se para fazer algumas fotografias nos Jardins da Fundação Calouste Gulbenkian, um espaço com o qual se identifica. Cardiologista, professora, investigadora e vice-presidente da SPC, adora também outro tipo de atividades, como pintar, ler, desenhar e ir ao cinema.

Para si, “viver” é, essencialmente, sentir-se bem com as suas decisões pessoais e profissionais. A família sempre pensou que enveredaria pelas Artes e que seria pintora. No entanto, na hora da decisão, escolheu ser médica. Num minuto. A opção foi correta, identifica-se totalmente com a sua maneira de ser e nunca se cansa de tudo o que faz diariamente.



SUMÁRIO:

Entrevistas

08 Manuel Carrageta
“Faço o meu trabalho com muita satisfação. É algo de que gosto muito”

32 Dulce Brito
“A Cardiologia foi a opção correta, porque me identifico diariamente com o que faço”

Opiniões

12 Miguel Mendes
EuroPRevent 2015

14 Vítor Oliveira
Acidente vascular cerebral

18 Luísa Falcão Campos
FH-Portugal, Associação Portuguesa de Hipercolesterolemia Familiar

19 Pedro Marques da Silva
Hipercolesterolemia familiar: subvalorizada, subdiagnosticada e subtratada

20 Nuno Costa
Cardiopneumologia: paradigma em evolução

23 Hélder Pereira / Sofia de Mello
Stent for Life: um balanço positivo

25 Hélder Dores
Como avalio o risco cardiovascular no atleta?

28 Eduardo Infante de Oliveira
Encerramento do apêndice auricular esquerdo

37 José Ribeiro
Curso de Formação em Medicina Cardiovascular

48 Ana França
Trombose venosa: o elo esquecido pelo cardiologista?

Notícias

16 APIC e GEFERC assinam protocolo
Melhorar a reabilitação cardíaca

17 30.º aniversário das Jornadas de Cardiologia de Almada
Uma “reunião de amigos”

21 XXIX Reunião de Investigação Cardiovascular
A hipercolesterolemia familiar

22 Stent For Life em Portugal
Terceiro aniversário da iniciativa

24 4.º Congresso de Casos Clínicos em Cardiologia
Desporto de alta competição é fator de risco para a doença cardiovascular

26 New Frontiers in Cardiology - Focus on LAA Closure
Experts debateram a técnica de encerramento do apêndice auricular esquerdo

30 4.ª Reunião do Grupo de Válvulas Aórticas Percutâneas da APIC
Mais doentes com estenose aórtica tratados por via percutânea

38 Heart without borders
Investigação básica e de translação em Cardiologia

40 9.º Congresso Português de Hipertensão
Sessão conjunta com a SPC

45 Cimeira Ibérica da SPC
Mestrado sobre IC aguda une cardiologistas portugueses e espanhóis

46 Cardiologistas e cirurgiões
A procura de consenso para tratamento de doenças valvulares

49 1.ª Reunião do Núcleo de Estudos de Geriatria da SPMI
Preparados para responder a necessidades geriátricas

50 Reunião conjunta GEIC / GEFERC
IC cresce e reabilitação cardíaca é subutilizada

Espaço Jovens Cardiologistas

41 Eletrofisiologia Cardíaca e Cardiologia de Intervenção
Jovens médicos apostam numa especialização após Internato

44 José Ribeiro
Formação Pós-Graduada em Cardiologia

Especial V Congresso Novas Fronteiras em Cardiologia

52 Sessão de abertura
Departamento de Coração e Vasos vem fortalecer a cooperação no CHLN

55 Markus Czesla
Minimally invasive mitral valve surgery

56 Dulce Brito
IC: otimizar a terapêutica para otimizar a vida dos doentes

56 Ângelo Nobre
How to start a minimally invasive surgery programme

57 José R. González-Juanatey
¿ Cómo organizar el proceso asistencial de insuficiencia cardíaca?

58 Keith AA Fox
The role of the new oral anticoagulants in stroke prevention in atrial fibrillation

58 Pedro Canas da Silva
Tratamento percutâneo das doenças da válvula estenose aórtica

59 Alec Vahanian
Transcatheter aortic valve implantation: state of the art

60 João de Sousa
Como melhorar o tratamento da fibrilhação auricular?

60 Nuno Lousada
Hipertensão arterial pulmonar: novas modalidades terapêuticas

61 Ana G. Almeida
TAVI: o papel das técnicas de imagem cardiovascular multimodalidade

62 Stefan D. Anker
What is new in heart failure in Spring 2015?

Imprimir