Cancro da Cabeça e Pescoço: FMUC organiza reunião interdisciplinar

A Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC) acolhe, este sábado, as 1.as Atualizações em Cancro da Cabeça e Pescoço, organizadas pelo Centro de Investigação em Meio Ambiente, Genética e Oncobiologia (CIMAGO) e pelo Laboratório de Citogenética e Genómica da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (LCG-FMUC).

O evento vai reunir alguns dos principais especialistas a nível nacional, com o propósito de "fomentar uma discussão interdisciplinar no que respeita ao tratamento dos doentes, a ações de sensibilização e a futuras direções de investigação no âmbito do cancro da cabeça e pescoço".



Uma das mesas redondas do programa será dedicada ao papel que a comunidade pode ter na luta contra o cancro da cabeça e pescoço. Em declarações à Just News, Isabel Carreira, responsável pelo CIMAGO e diretora do LCG-FMUC, explica que "o lema escolhido para esta 1.ª edição espelha bem esse papel - O diagnóstico precoce salva vidas!".

A subdiretora da FMUC sublinha que "os médicos dentistas e de família são a peça-chave para que o diagnóstico seja atempado", sendo neste caso a sua intervenção particularmente relevante, já que se trata de um cancro "muito debilitante, que é frequentemente diagnosticado tardiamente, comprometendo o prognóstico e sobrevivência dos doentes".


Isabel Carreira com os outros dois elementos da Comissão Organizadora: Ilda Ribeiro e Joana Barbosa, respetivamente, investigadora e docente da FMUC.

Questionada quanto à relevância do evento reunir docentes e investigadores, mas igualmente especialistas de várias unidades hospitalares do país, Joana Barbosa de Melo afirma que "a discussão interdisciplinar numa perspetiva nacional é essencial e que os profissionais envolvidos no diagnóstico, tratamento e acompanhamento dos doentes, bem como os investigadores, sentem claramente essa necessidade".

Quanto à recetividade da iniciativa: "Creio que o repto que lançámos de organizar em Coimbra estas que são as primeiras Atualizações em Cancro da Cabeça e Pescoço foi muito bem acolhido quer pelos oradores quer pelos participantes!".




À semelhança de Joana Barbosa, Ilda Patrícia Ribeiro vai intervir na mesa redonda dedicada exatamente à "Genética e meio ambiente no cancro da cabeça e pescoço". A sua palestra incide sobre o tema “A genómica no cancro da cabeça e pescoço: Biomarcadores de diagnóstico e prognóstico”. 

Em declarações à Just News, a investigadora refere, a propósito da sua intervenção, que "uma interligação forte entre a investigação laboratorial e as equipas clínicas tem sido fundamental para o progresso científico nesta área, em que um dos principais desígnios é a identificação de biomarcadores robustos que auxiliem o diagnóstico e o acompanhento destes doentes".

Adianta ainda que "têm sido identificadas nesta doença alterações genómicas específicas que, por vezes, estão associadas a características clínicas distintas, antecipando-se a possibilidade de no futuro poder haver uma translação deste conhecimento à prática clínica".


O programa pode ser consultado aqui.



seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir