Dermatologista Aureliano da Fonseca homenageado no XV Congresso da SPDV

“Dar continuidade à aproximação aos países ´irmãos` e aliar o científico ao profissional são os principais objetivos do XV Congresso Nacional de Dermatologia e Venereologia.” As palavras de António Massa, presidente da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV), foram proferidas na sessão de abertura do evento, que teve lugar na Exponor, Porto. A sessão ficou também marcada pela homenagem a Aureliano da Fonseca, presidente honorário da SPDV.



Mesquita Guimarães, dermatologista, foi o responsável pela apresentação do curriculum do homenageado, com 100 anos, que foi representado pelo filho. “Aureliano da Fonseca, nascido no Porto, passou por vários hospitais, pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, foi pioneiro nas doenças venéreas, publicou vários trabalhos e só deixou de exercer clínica privada aos 98 anos”, disse.



Na cerimónia de abertura do Congresso estiveram ainda presentes Miguel Guimarães, presidente do Conselho Geral do Norte da Ordem dos Médicos, e Guilhermina Rego, vice-presidente da Câmara Municipal do Porto.



Na altura, foram ainda entregues os prémios Melhor Comunicação Reunião Primavera 2015, Melhor Caso Clínico Reunião da Primavera, Melhor Poster Reunião Primavera 2015 e Dermatologist from the Heart 2015, todos eles com o patrocínio La Roche Posay. Foram ainda dados a conhecer os vencedores da Bolsa Cabral de Ascenção (patrocínio Pierre-Fabre), da Bolsa de Investigação Juvenal Esteves (patrocínio Leo) e da Bolsa SPDV-EADV (patrocínio Uriage).

Imprimir