ESTeSC celebra Dia Internacional das Ciências Biomédicas Laboratoriais

A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTeSC) comemora, este domingo, o Dia Internacional das Ciências Biomédicas Laboratoriais, que este ano tem como lema: "Antibiotic Resistance: Biomedical Laboratory Scientists respond to the global threat".

São aguardados cerca de uma centena de profissionais, docentes e estudantes nesta iniciativa, que, além da componente científica, contribui ainda para "fazer a ponte entre a academia e a profissão, dando aos estudantes da ESTeSC a oportunidade de contactarem com profissionais no ativo e futuros monitores de estágio".

Para o diretor do departamento de Ciências Biomédicas Laboratoriais da ESTeSC, Fernando Mendes, não há qualquer dúvida: a contribuição dos profissionais de Ciências Biomédicas Laboratoriais "é fundamental para diagnosticar, identificar e diminuir o número de casos de resistência a antibióticos".

Na sua opinião, a ESTeSC, enquanto entidade formadora da profissão, tem "um papel crucial na promoção da discussão em torno destas temáticas", desde logo porque "o plano de estudos português (da licenciatura em CBL) é referência na área, a nível europeu”.


Docentes do departamento de Ciências Biomédicas Laboratoriais: Armando Caseiro, António Gabriel (presidente do Conselho Científico), Nádia Osório, Fernando Mendes (diretor de Departamento), Ana Valado, Diana Martins, Henrique Santos

A sessão de abertura contará com a participação da presidente da European Association for Professions in Biomedical Science, Marie Culliton, e da presidente da International Federation of Biomedical Laboratory Sciences, Marie Nora Roald.

Já o painel de discussão principal, sobre Resistência a Antibióticos, será conduzido pelas investigadoras Raquel Diaz (Universidade de Aveiro) e Nádia Osório (ESTeSC). 

Imprimir