Fausto Pinto vai assumir a liderança da Federação Mundial do Coração

O diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) foi hoje nomeado, no Dubai, presidente eleito da Federação Mundial do Coração (World Heart Federation - WHF). A eleição decorreu durante o Congresso Mundial de Cardiologia e Saúde Cardiovascular, que reúne mais de 5000 profissionais de saúde e decisores da área.



Se o evento deste ano da WHF é particularmente relevante, pois marca o 40.º aniversário da Federação, a reunião do próximo ano será igualmente importante e particularmente especial para Fausto Pinto, já que o Congresso Europeu de Cardiologia será realizado em conjunto com o Congresso da Federação Mundial do Coração. Recorde-se que o diretor da FMUL tem uma forte ligação à Sociedade Europeia de Cardiologia, tendo já assumido o cargo de presidente desta instituição (2014-2016).
 


O atual presidente da Federação Mundial do Coração, David Wood, fez questão de sublinhar que Fausto Pinto "é uma das principais referências mundiais da saúde cardiovascular, sendo uma honra para a Federação Mundial do Coração ter a sua intervenção nos quadros da WHF alargada a este novo cargo oficial de presidente-eleito".

A tomada de posse de Fausto Pinto como presidente eleito da Federação Mundial do Coração ocorrerá no próximo ano, quando Karen Sliwa for a primeira mulher, e a primeira representante do continente africano, a assumir a liderança da instituição

Além de dirigir o Serviço de Cardiologia, Fausto Pinto é também diretor do Departamento de Coração e Vasos do do Centro Hospitalar Lisboa Norte (unidade que integra os serviços de Cardiologia, de Cirurgia Vascular e de Cirurgia Cardiotorácica).

 

seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir