Federação Europeia de Medicina Interna: Luís Campos é o novo presidente da Comissão de Qualidade

O presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI), Luís Campos, é o novo presidente da Comissão de Qualidade e Assuntos Profissionais da Federação Europeia de Medicina Interna (European Federation of Internal Medicine - EFIM), no biénio 2017-2019, tendo sucedido ao holandês Mark Kramer no cargo.

Em declarações à Just News, o diretor do Serviço de Medicina do Hospital de São Francisco Xavier, Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, e professor auxiliar convidado da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, explica que “esta Comissão existe já há alguns anos e tem sido a responsável pelas principais tomadas de decisões em assuntos relevantes relacionadas com a Medicina Interna na Europa, em nome da EFIM”.

Reconhecimento do modelo "comum aos países do sul da Europa"

”O facto de ser um português a presidir a esta Comissão é, por um lado, o reconhecimento da importância do modelo de Medicina Interna comum aos países do sul da Europa", considera o presidente da SPMI, que é também membro da Comissão Nacional dos Centros de Referência e do Grupo de Trabalho para as Reformas de Proximidade do Ministério da Saúde.



Por outro lado, acrescenta Luís Campos, esta "é uma oportunidade de mobilizar as sociedades dos 33 países que integram a EFIM em torno de temas importantes para a Medicina Interna, para os sistemas de Saúde e para os doentes, em temas que acreditamos vão estar na ordem do dia nos próximos anos".

A primeira reunião da Comissão liderada por Luís Campos terá lugar em Lisboa, a 2 de junho.




Imprimir