My Servier

Redução de papel é aposta forte no Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa

O Hospital Padre Américo, em Penafiel, integrado no Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS), recebe, esta sexta-feira, o “Caminho dos Hospitais”, iniciativa organizada pela Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH), que se centrará no tema “Hospital sem papel”.

De acordo com o presidente do Conselho de Administração, Carlos Alberto Silva, a instituição tem estado na linha da política do Governo de desmaterialização de processos.



Em declarações à Just News, o responsável sublinha: "Somos um dos hospitais de maior dimensão em Portugal que tem assumido os processos de desmaterialização com grande intensidade."

O administrador hospitalar menciona que o trabalho feito nesta área tem sido transversal. “Começamos pela abolição total da circulação de processos clínicos em papel no Internamento e na Consulta. Prosseguimos para o desmantelamento das prateleiras do arquivo para dar um sinal de que queremos mesmo que seja uma mudança cultural. Por outro lado, num só dia, tiramos 25 impressoras da Urgência”, conta.

O CHTS é também "um dos hospitais com melhor taxa de sucesso nas receitas sem papel, totalmente desmaterializadas", um trabalho que tem vindo a ser desenvolvido em articulação com os Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) daquela região, sublinha o responsável.

A nível do fluxo documental, ligado à parte mais burocrática (recursos humanos e financeiros, aprovisionamento, etc.), Carlos Alberto Silva adianta que foi aprovada uma candidatura que prevê, entre outras coisas, uma aplicação informática específica para acabar com o papel nesta área.

“Já está no terreno o levantamento de todo o fluxo documental que é necessário desmaterializar para, a breve prazo, sobretudo nas áreas administrativas, se possa avançar”, acrescenta.


Carlos Alberto Silva tem sido uma presença assídua em muitas das iniciativas promovidas pela APAH, participando ativamente nos debates

A sessão desta sexta-feira será moderada por Filipa Carneiro, coordenadora de informatização clínica do CHTS. O primeiro palestrante do painel é Isabel Catarino, interna de Ortopedia, que vai falar sobre desmaterialização na área dos médicos internos. Manuel Oliveira, diretor do Serviço de Cirurgia Geral, centrará a sua apresentação no tema “Diretores de serviço sem papel”.

Agostinho Barbosa, coordenador do Serviço de Informática, apresentará uma perspetiva geral do “CHTS sem papel”. E, finalmente, Carlos Botelho, coordenador da Unidade de Nefrologia, vai falar de transformação digital, sugerindo assim abordagens diferentes.

A abertura ficará a cargo de Carlos Alberto, Pimenta Marinho, presidente da Administração Regional de Saúde do Norte, e Alexandre Lourenço, presidente da APAH.

A expectativa do nosso entrevistado é de que haja uma boa adesão à sessão e seja “um momento de partilha de boas práticas”.
O “Caminho dos Hospitais” é uma iniciativa da APAH que visa atenuar situações de periferia através de visitas e reuniões programáticas mensais às instituições de saúde do Sistema Nacional de Saúde, de forma descentralizada, dando especial destaque a questões da atualidade.


seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda