Promover o «(re)crescimento da investigação» em Medicina Física e de Reabilitação

No próximo sábado, 29 de novembro, a Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação (SPMFR) organiza, em Coimbra, uma reunião dedicada à “Investigação em Medicina Física e de Reabilitação (MFR)”.

Em declarações à Just News, Catarina Aguiar Branco, presidente da SPMFR, explica que a reunião, que decorrerá no Hotel Melia Tryp, visa "criar um ´renovado` interesse pelo estudo das bases científicas e clínica aplicada da MFR (e seu desenvolvimento), a par da abertura do pensamento científico de Médicos Internos e Especialistas de MFR a novas áreas da Ciência, incentivando ao (re)crescimento na investigação e na publicação científica".

Desta forma, acrescenta, serão abordados temas "prementes no enquadramento da Investigação particular em MFR e apresentados exemplos da Investigação em MFR Aplicada, realizada em Portugal, na área da Esclerose Lateral Amiotrófica. Pretende-se, posteriormente, criar uma Secção na SPMFR de “Investigação em MFR”.

Catarina Aguiar Branco esclarece, "sem desvalorização funcional e social de todas as outras áreas clínicas de intervenção da MFR", quais as áreas de investigação que suscitam maior interesse:

"Pelo seu impacto clínico, funcional e social, e pelo desafio científico, a Investigação em MFR tem áreas de interesse preferenciais no âmbito das patologias neurológica, músculo-esquelética, cardíaca e respiratória, nas várias vertentes médicas do diagnóstico, da epidemiologia, da prevenção, da educação e da terapêutica".

A presidente da SPMFR intervém nesta reunião, proferindo uma palestra sobre "O futuro da investigação e a produção de artigos científicos de MFR em Portugal".

O programa completo pode ser consultado aqui.

Imprimir