Siemens inaugura MedMuseum: uma viagem ao passado e presente da tecnologia médica

A Siemens acaba de inaugurar um Museu de Tecnologia Médica, em Erlangen, na Alemanha. Com uma área total de 400 metros quadrados, o Siemens MedMuseum proporciona uma visão geral sobre a evolução da tecnologia médica, setor em que a Siemens é precursora há mais de 160 anos, com inovações em áreas que vão desde a tecnologia de raios X aos sistemas de diagnóstico laboratorial.

Através desta ‘viagem’, apoiada por elementos multimédia, os visitantes ficam a conhecer importantes inovações - e os seus inventores - num périplo pela história da tecnologia médica, desde os seus primeiros passos, em meados do século XIX, até à atualidade.

Instalado numa antiga oficina mecânica que iniciou atividade em 1893, o MedMuseum expõe várias peças emblemáticas, a exemplo do primeiro aparelho de raios X, dos primeiros sistemas de tomografia computadorizada (TC) e de imagem por ressonância magnética (MRI) da Siemens, com informação que dá a conhecer como funcionam estas tecnologias.

"Temos imenso orgulho em apostar em inovações que têm vindo a moldar o progresso da tecnologia médica ao longo de tantas décadas", referiu Hermann Requardt, Membro do Conselho de Administração da Siemens AG e CEO do sector Healthcare da Siemens. Refira-se que ao longo da história sempre houve dispositivos médicos para diagnosticar e tratar doenças, aliviar a dor e descobrir mais sobre a estrutura do corpo humano e o seu funcionamento, estando inúmeros avanços na tecnologia médica associados à Siemens.

Imprimir


Médicos de família assinalam Dia Mundial da Asma 2019 na Sertã